Israel & Egito com Cruzeiro no Nilo

Israel e Egito – 15 dias com Cruzeiro pelo Rio Nilo

Incrível, fascinante e deslumbrante viagem para Israel, conhecendo o melhor do Pais e ao Egito, com um maravilhoso Cruzeiro descendo as águas do Rio Nilo com pensão completa.

Exclusividade Viagens Top®

 

Detalhes da viagem:
Dia 1 Domingo – Chegada no Cairo / Egito

Chegada no Cairo, Egito – Encontro com os representantes da Viagens Top, traslado para o hotel para hospedagem em Cairo.

Dia 2 Segunda – Traslado para Luxor

Depois do café da manha, voo para Luxor e em seguida, traslado para cruzeiro 5 estrelas “Nile Cruise”.

Almoço no barco.

A tarde, visita aos complexos de templos Karnak e Luxor, um museu ao ar livre, de ruinas, capelas e vários outros edifícios, notavelmente o Grande Templo de Amon.
Jantar e hospedagem no barco do cruzeiro.

O cruzeiro é de luxo, padrão europeu com excelente reputação com nossos clientes. Os nossos assistentes estão disponíveis a bordo e vão os guiar nos tours em terra firme.

Dia 3 Terça – Luxor – Esna – Edfu

Logo defronte de Luxor, no outro lado do Nilo, se encontra os monumentos e os túmulos da necrópole Theban, que inclui o vale dos Reis e o vale das Rainhas. As ruinas arqueológicas de Thebes, uma testemunha da civilização egípcia no seu apogeu. Entre outros veremos o mortuário da Rainha Hatshepsut, um faraó mulher que reino durante 22 anos estabelecendo expedições e relações comerciais. De Luxor viajamos em Barco até Esna.

Passaremos duas barragens no Nilo, uma construída pelos britânicos em 1906, a  outra nos anos 90. Se tiver tempo de sobra visitaremos o templo de Esna e o mercado de Esna. O barco navegara ate Edfu par a noite.

Dia 4 Quarta – Edfu / Kom – Ombo

Edfu e conhecida pelo seu Templo ptolemaico construído em 237 e 57 AC. O templo de Horus também conhecido como Apollonopolis Magna, é o segundo maior Templo no Egito depois de Karnak e um dos melhores preservados. As inscrições nos seus muros nos dão importantes informações sobre a língua, mitologia e religião do Egito durante o período Greco-Romano. Continuaremos na cidade de Kom Ombo para visitar seu templo, raro por fato de ser duplo! O edifício é construído de maneira simétrica; seus salões, corredores e santuários são todos duplicados para sua dupla de deuses. Uma parte para o deus crocodilo Sobek e o outro para o deus falcão Horus.
Viagem de barco para para Aswan para passar a noite.

Dia 5 Quinta – Aswan Dam

A ativa cidade mercantil de Aswan se encontra na borda leste do Nilo na primeira catarata. Swenet, uma cidade da antiguidade, um lugar tão seco que nas aldeias Nubianas ao redor, muitos não conseguem construir um teto para sua casa. Visita da Alta Barragem em Aswan, realmente impressionante, umas das maiores jamais construídas.
Depois navegaremois na Felucca, tradicional barco de madeira que se encontra nas águas do Nilo por milhares de anos, para aproveitar de uma tarde no Jardim botânico. Volta ao cruzeiro para hospedagem.

Dia 6 Sexta – Aswan – Cairo

Depois do café da manha, desembarque e passe um dia livre em Aswan. De noite viagem no trem leito para Cairo. Opcional visita de Abu Simbel, onde a UNESCO salvou o Templo da destruição das águas da barragem. O meio mas fácil de chegar em Abu Simbel é um voo de 45 min (opcional). O onibus leva aproximadamente 3hrs cada trajeto.

 

Dia 7 Sabado – Cairo – Mênfis  -Saqqara – As Grandes Pirâmides de Giza
Após o café, nós começamos nosso dia com a visita da cidade de Mênfis, que se encontra uns 20 quilômetros ao sul de Cairo. A antiga cidade e agora um museu ao ar livre, testemunha de sua História de mais de quatro mil anos. A necrópole de Saqqara, um imenso cemitério! Lá se encontram várias pirâmides, incluído a famosa pirâmide de degraus de Djoser.

Seguiremos com as Grandes Pirâmides e a Esfinge localizados no planalto de Giza. As Grandes pirâmides são emblemas do Egito e foram listadas como uma das setes maravilhas do Mundo. Volta ao hotel para hospedagem.

Egito e Israel 21 piramides

Dia 8 Domingo Cairo – Traslado para Tel-Aviv

Faremos o transfer para o aeroporto do Cairo, para voarmos para Israel, (*Não incluso no preco do pacote. Preço por pessoa de USD $399). Chegada ao aeroporto de Ben-Gurion onde nossos representantes em terra irão leva-los em transfer para o Hotel em Tel Aviv para descansar.

Dia 9 Segunda – Tel Aviv – Beer Sheba – Masada – Mar Morto

Saída de Tel Aviv pelo Ashdod – Ashkelon – Beersheba. Faremos uma visita na capital da região do Negev. Continuaremos por Arad até Masada.

Massada
Massada

Subiremos com o bonde para a fortaleza, da última oposição dos zelotes na guerra contra os Romanos. Visitaremos as escavações, palácio de Herodes, a sinagoga etc. Veremos a paisagem incrível dos campos Romanos e o Mar Morto.

Depois desceremos ao Mar morto para flutuar em suas águas salgadas. Via Ein GEdi e Kalya, passaremos a noite em Jerusalém.

Dia 10 Terça – Jerusalém – Visita à cidade nova

Condução ao Monte Scopus para uma vista Panorâmica de Jerusalém. No Jardim de Getsêmani e Igreja da Agonia. Continuaremos no Museu Israel para ver os Rolos do Mar Morto, visita a reconstrução em miniatura da cidade Herodiana de Jerusalém. Depois iremos ao YadVashem (Museu do Holocausto).

Visita da sinagoga do centro médico de Hadassa onde encontramos os vitrais de Chagall. Passaremos por Ein Kerem onde nasceu João Batista. Volta ao hotel.

Dia 11 Quarta – Jerusalém – Cidade Antiga – Belém*
Egito e ISrael WP 02

Entrada na cidade velha por um de seus portões; visita ao bairro Judeu, O Muro das lamentações, a área do Templo, os bazares pitorescos, Via Dolorosa para acabar na igreja do Santo Sepulcro. Condução ate o Monte Sião para visitarmos aa tumba do Rei David, a Sala da Última Ceia e muito mais. A tarde continuaremos em Belém para uma visita da Igreja da natividade. Volta Jerusalém para passar a noite.

Egito e Israel 14 tiberiades

Dia 12 Quinta – Beit Shean – Tiberiades – Galiléia

Partida de Jerusalém, condução ate Jericó, a cidade mais antiga do Mundo.

Passaremos pelo vale do Jordão e novos grupos de colonos para Bet Shean. Visita das escavações de uma cidade Romana. Continuaremos para Tiberiades, um centro antigo de estudo Judaico.

Dirigiremos nas bordas do mar da galileia, ate Cafarnaum, para visitar ruinas de uma antiga sinagoga. Ida ao Kibutz hotel para passar a noite.

Dia 13 Sexta – Norte da Galiléia – Colinas do Golã

Condução até as Colinas do Golã. Visita de fortificações Sírias, Vilarejos druzos, Via Banias, a fonte do Rio Jordão. Seguiremos pelo vale de Hula até Safed, a Cidade do Misticismo Judaico, visita de sinagogas e a colônia dos artistas. Visita dos sítios Santos Cristãos em Nazaré. Volta ao Kibutz para o Hotel para passar a noite.

Dia 14 Sabado – Akko-Haifa-Tel Aviv

Depois do café, direção ao oeste para visita do antigo bastião dos cruzados. Prosseguiremos para Haifa, incluindo o santuário Bahai, o Jardim Persa e o Monte Carmel com vista panorâmica da cidade e do golfo. Seguiremos pela costa da Cesareia, visitaremos o teatro Romano e a fortaleza dos Cruzados. Faremos também uma curta visita a Tel aviv. Transferência para o Aeroporto de Tel Aviv para Eilat.

Egito e Israel 10

Dia 15 Domingo- Partida

Café e traslado para aeroporto para partida.

 

*Sitios sobre juridição da Autoridade Palestina. Visita dependendo da situação.

 

Chile com Valle Nevado

Valle Nevado

Grande oportunidade para conhecer e ou visitar novamente nosso vizinho….o CHILE…

E aproveitar a oportunidade para conhecer esse lugar maravilhoso, o VALLE NEVADO….

Valle Nevado
Valle Nevado

Roteiro com 5 dias, para o Chile, acompanhado por um de nossos guias durante o percurso…

Ou caso voce queira, pode fazer tudo por conta propria tambem, disponibizaremos um carro no seu nome, esperando por voce no aeroporto com mapa, GPS e sugestoes de passeios.

La Parva
La Parva

Para isso, vale a pena saber que: 

CARRO ECONOMICO 

Retirada e entrega do carro no aeroporto as 10 da manha.

Para ir ao Vale Nevado ou algum centro de ski, será necessario colocar correntes especiais de pneus, nos carros​, para andar na neve.

(valor aprox USD 47.- por dia – obrigatorio no caso de irem ao Vale Nevado) …

Saidas a partir de 20 de Julho

PARTE AEREA – Com voos diretos.

___________________________

PARTE TERRESTRE – Hotel GEN****

___________________________
Piscina do Hotel
Piscina do Hotel


5 NOITES

TRASLADOS IN + OUT

COM CITY TOUR PANORAMICO INCLUSO

+

DIA INTEIRO VALLE NEVADO + LA PARVA + EL COLORADO

Cafe da manha
Cafe da manha

Incluso no pacote:

  • Voos
  • Taxas
  • Hotel ****(5 noites)
  • Traslado Aeroporto – Hotel – Aeroporto
  • Seguros de viagem

 

A partir de R$ 2975,00 POR PESSOA EM DUPLO + R$ 146,00 TAXAS

FORMA DE PAGAMENTO 35% DE ENTRADA E SALDO EM ATE 5X NOS CARTOES

 

 

 

 

 

Um pouco mais sobre o CHILE…

Os brasileiros conhecem muito pouco das belezas deste país e, quando muito, conhecem sua capital. A verdade é que o Chile tem uma grande variedade de lugares espetaculares para se conhecer. Eu já estive três vezes no Chilee todas as viagens foram maravilhosas

Veja abaixo mais 2 sugestoes de passeio:

 

Deserto do Atacama

Deserto do Atacama localizado no Norte do Chile é o deserto mais alto e mais árido do mundo. Em algumas localidades não chove há 400 anos e o índice pluviométrico anual é 0,1 mm. O Atacama é 250 vezes mais seco que o deserto do Saara. Apesar do clima inóspito o Atacama com planícies ultrapassam os 4.000 metros e montanhas de mais de 6.000 metros é um lugar de incríveis maravilhas naturais e espetaculares formações geológicas. San Pedro do Atacama é a cidade que concentra os principais meios de hospedagem e serviços turísticos  locais. Os principais atrativos da região são: Salar de Atacama, Salar de Tara, Lagunas Altiplânicas, Vale da Morte, Vale da Lua e Geisers del Tatio.

 

Valparaíso e Viña del Mar

Localizada a apenas 112 km da capital Santiago, Valparaiso é o porto principal do Chile e é conhecida por suas cores e por seu cenário de cidade do século XIX. Sua cidade história, considerada patrimônio histórico da humanidade pela UNESCO, possui uma charmosa arquitetura colonial, ótimos restaurantes de frutos do mar, mercados e lojas. Destaque para o centenário Ascensor Artilleria (segunda foto) e a casa do escritor Pablo Neruda em Isla Negra. Vale a pena conhecer a cidade vizinha, Viña del Mar, com suas belas praias e excelentes restaurantes de frutos do mar.

Em breve mais informações sobre esse lindo e acolhedor Pais

Egito & Israel Magico

Jerusalem

Israel, a terra prometida da Bíblia, hoje em dia é um país moderno, próspero e vibrante. Durante séculos, os lugares onde aconteceram os fatos mais emocionantes da história da humanidade ficaram abandonados sob as areias movediças. As ruínas ficaram esquecidas até que o povo de Israel voltou do Exílio e retomou suas terras. Hoje as indústrias sofisticadas e grandes empresas bem desenvolvidas tomaram conta das colinas, pântanos e desertos improdutivos. Os vestígios do passado ainda imperam em meio a este dinâmico renascimento. Jerusalém a cidade Santa e Eterna capital de Israel, retém sua aura de santidade e acolhe freqüentemente os peregrinos de odas as crenças.

Jerusalem
Jerusalem

A cidade recebe os mesmos visitantes como nos tempos do patriarca Abraão. Eilat, que serve de acesso ao Mar Vermelho se tornou um porto de atrativo como na época do Rei Salomão. Nazareth o lugar da anunciação e lar de Jesus durante sua infância, está na história da Galiléia. Além do seus lugares históricos e religiosos, Israel tem muito a oferecer aos turistas. Vastas extensões de limpas praias banhadas pelo sol, modernos hotéis, teatros e clubes, balneários, pitorescos banhos termais e mercados, tudo dentro de um compacto círculo geográfico. 

Sem dúvida, Israel se constitui de um verdadeiro oásis de atrações.

Consulte-nos sobre grupos exclusivos, para viajar com seus amigos e/ou sua Igreja.

 

ROTEIRO

1.º DIA – GUARULHOS (SÃO PAULO) /EUROPA 

Apresentação no aeroporto de São Paulo/Guarulhos com destino a Europa com city numa Capital Européia.

 

2.º DIA – EUROPA / CAIRO (EGITO) 

Chegada ao aeroporto do Cairo, após as formalidades de praxe recepção e tras- lado ao hotel e acomodação.

Piramides
Piramides

 

3.º DIA – CAIRO 

Café da manhã visitas às famosas Pirâmides de Keóps, Kefrén e Miquerinos e a impressionante Esfinge. Almoço e visita ao Museu do Papiro, onde assistiremos uma apresentação sobre a confecção do tipo de papel mais antigo de que se tem notícia.

Khan el Khalili - Mercado
Khan el Khalili – Mercado

Logo após prosseguiremos nosso passeio com um tour panorâmico pelo centro do Cairo e o famoso Rio Nilo, visitaremos também o mercado Khan El Khalili, onde conheceremos um pouco da riqueza artesanal do Egito.

À noite, teremos um jantar em um barco navegando no Rio Nilo, com apresentação de música e danças árabes típicas. Retorno ao Hotel.

 

4.º DIA – CAIRO / CANAL DE SUEZ/ MARA /MONTE SINAI 

Café da manhã e partida em direção ao Canal de Suez, ligação navegável entre o Mar Mediterrâneo e o Mar Vermelho.
Após cruzarmos o canal por um túnel subterrâneo, parada no vilarejo beduíno de Mara, onde Moisés descansou com o povo e transformou a água amarga em água potável – estes poços existem até hoje e vamos visitá-los.
Almoço durante o trajeto e chegada ao Hotel  em  Sharm El Shekh , jantar e descanso.

No período noturno aqueles que desejarem subir ao Monte Sinai, faremos o trajeto de transporte até o ponto de partida.
O percurso será realizado durante toda a noite, orientado por guias beduínos. Com a volta para o hotel pela manhã.   

SHARM EL SHIEKH - Mar Vermelho
SHARM EL SHIEKH – Mar Vermelho

 

5.º DIA – MONTE SINAI / MAR VERMELHO 

Retornaremos para o hotel que fica  nas margens do Mar Vermelho onde teremos o dia para descanso, podendo aproveitar para fazer mergulho em umas das melhores regiões do Mar Vermelho ou passeio de barco (opcional).

6.º DIA – MONTE SINAI / EILAT /MASSADA / MAR MORTO / JERICÓ/ TI- BERÍADES 

Café da manhã e saída bem cedo em direção à fronteira entre o Egito e Israel, em seguida faremos uma rápida passagem pela  moderna cidade de Eilat, cenário das antigas Minas do Rei Salomão.
Prosseguiremos nossa viagem pelo deserto de Arava e o deserto do Negev até chegarmos ao Monte Massada onde faremos um passeio fantástico de teleférico, conheceremos o lugar do antigo palácio construído por Herodes o Grande, na sequência iremos para o Mar Morto, ponto mais baixo do mundo.
Parada para banho nas famosas águas do Mar Morto, onde se tem a maior concentração de sal do mundo e onde ninguém afunda, prosseguiremos nossa viagem para Jericó, visitaremos a tradicional figueira onde Zaqueu se encontrou com Jesus, visão panorâmica do Monte da Tentação onde Jesus foi tentado após o batismo, e termos uma parada em fren te às ruínas mais antigas da cidade de Jericó dos tempos de Josué,  prosseguiremos nossa viagem em direção a Tiberíades, às margens do Mar da Galileia, onde fica o hotel.
Jantar e descanso.

 

MASSADA - Casa de Herodes
MASSADA – Casa de Herodes

 


7.º DIA – GALILÉIA / CAFARNAUM 

Café da manhã e saída para Tabgha, palco do milagre da multiplicação dos pães e peixes.

O Rio Jordão
O Rio Jordão

Prosseguiremos para o porto de Ginosar,
onde embarcaremos em um barco típico de madeira para cruzarmos o Mar da Galileia
em direção ao sítio arqueológico de Cafarnaum, cidade onde Jesus estabeleceu seu ministério.
Visita às ruínas da grande sinagoga da cidade e da casa da sogra de Pedro.
Passeio até o Monte das Bem Aventuranças, palco do sermão mais famoso de Jesus.
Depois, ida ao local de batismo no Rio Jordão, nas mesmas águas onde João Batista batizou Jesus.
Retorno ao hotel, jantar e descanso.

 

8.º DIA – CANÁ /NAZARÉ / MONTE CARMELO / CESARÉA /  JOPE / JE- RUSALÉM  

Café da manhã e saída em direção a Caná da Galileia, local do primeiro milagre de Jesus.
Prosseguiremos a viagem por Nazaré, onde Jesus passou sua infância e adolescência, para vista geral da cidade moderna.
Continuação até o Monte Carmelo, local onde o profeta Elias conseguiu invocar a presença de Deus e vencer a disputa com os profetas de Baal. Vista panorâmica do Vale do Armageddon, palco da batalha do Juízo Final segundo o livro de Apocalipse, prosseguimento da viagem até as ruínas de Cesárea Marítima, cidade construída pelo rei Herodes e que funcionou como capital da província da Judéia na época de Jesus.
Lá morava o governador Pôncio Pilatos.
Passaremos rapidamente pela moderna cidade de Tel Aviv e Jope.
Prosseguiremos nossa viagem até as portas da gloriosa cidade de Jerusalém.
Chegada ao hotel, jantar e descanso.

Museu do Papiro


9.º DIA – JERUSALÉM / BELÉM 

Café da manhã e saída em direção ao Monte das Oliveiras para uma vista panorâmica da Cidade Velha.
Descida até o Getsemani e o Jardim das Oliveiras, onde Jesus chorou e foi preso pelos romanos.
Continuação até o Monte Sião e visita ao Cenáculo, local da última ceia de Jesus com seus discípulos.
Visita ao túmulo do Rei David, em seguida iremos para casa do sumo sacerdote Caifás, local onde Jesus ficou preso e foi julgado pelos lideres religiosos antes de ser apresentado a Pilatos.
Almoço e prosseguimento até Belém, visitaremos a Igreja da Natividade, o Campo dos Pastores, local onde o anjo do Senhor anunciou aos pastores o nascimento do Salvador. Visitaremos o comércio local para conhecermos o famoso artesanato em oliveira típico da região.
Retorno ao hotel, jantar e descanso.

 

Monte das Oliveiras
Monte das Oliveiras

10.º DIA – JERUSALÉM 

Café da manhã e saída para passeio pela Cidade Velha de Jerusalém.
Começaremos nosso dia visitando a cidade de Davi, o Muro das Lamentações, antiga estrutura que restou do Segundo Templo e local mais sagrado do mundo pelo Judaísmo. Visitaremos a esplanada do Templo onde hoje estão as mesquitas, local onde o Rei Salomão construiu o Templo.
Visita ao Tanque de Betesda, onde Jesus curou um paralítico no sábado.
Seguindo os passos de Jesus, vamos caminhando pela Via Dolorosa.
Teremos um período livre para compras.
Retorno ao hotel, jantar e descanso.

Israel
Israel

O Muro Ocidental, também conhecido como Muro das Lamentações, é o local mais sagrado do mundo judaico e é a única porção sobrevivente do Segundo Templo. O Primeiro Templo, comissionado pelo rei Salomão, foi erguido por volta do século 10 a.C. para guardar a Arca da Aliança, que continha as tábuas originais com os dez mandamentos. Destruído pelos babilônios cerca de 500 anos mais tarde, foi quase que imediatamente reconstruído no mesmo local. Por volta do ano 20 a.C. Herodes, o Grande, patrocinou uma reforma de grande escala, tornando o templo ainda maior e majestoso, com grandes muralhas que formavam a base para o edifício principal.

Quando por volta do ano 66 de nossa era ocorreu a primeira grande revolta judaica contra a ocupação romana, a resposta foi rápida. Jerusalém foi re-ocupada pelas legiões de Tito em 70 d.C., destruindo totalmente o Templo de Herodes. Os escombros da violenta ação ainda hoje podem ser vistas, mas o Muro Ocidental é a única parte que permaneceu de pé.

Apesar desse trecho do grande templo também ser conhecido como Muro das Lamentações, já que muitos fiéis aqui reúnem-se para lamentar a perda do edifício sagrado, o ambiente é pacífico e todos são bem-vindos para aqui orar e deixar o tradicional pedido escrito em papéis entre as frestas das rochas que a formam. Aos homens é solicitado cobrir a cabeça (quipás de papel são oferecidos) e  às mulheres que cubram ombros e pernas. A atmosfera calma só é quebrada pelas cerimônias de bar e bat mitzvá, sempre alegres e festivas, uma cena encantadora de se presenciar.
 

Muro das Lamentações
Muro das Lamentações

11.º DIA – JERUSALÉM

Café da manhã, visita ao Museu do Livro, Almoço no caminho e continuação até o Jardim do Túmulo, já do lado de fora das muralhas da Cidade Velha, onde visitaremos o Gólgota – famosa colina em forma de caveira onde eram crucificados os criminosos no tempo de Jesus e o túmulo que pertencia ao aristocrata José de Arimatéia e que foi cedido a Jesus quando da sua crucificação.
Tempo para reflexões e celebração da Santa Ceia.
Retorno ao hotel, jantar e descanso.

 

Golgota - Local onde se crucificavam os acusados na epoca de Jesus
Golgota – Local onde se crucificavam os acusados na epoca de Jesus – Caveira

12.º DIA – TEL AVIV / EUROPA  

Após o café da manhã sairemos em direção ao aeroporto TEL AVIV (ISRAEL) com destino ao Brasil, faremos uma rápida conexão na Europa.

 

13.º DIA – SÃO PAULO / GUARULHOS

Chegada ao aeroporto de São Paulo/Guarulhos.
Desembarque e fim de nossos serviços.
Até a próxima viagem.

 

Periodo : Entre Abril e Setembro  de 2015, a partir de US$ 3.125

Entre 3 e 11 de Abril => Pascoa – Suplemento de alta temporada US$350 dolares por pessoa em duplo
De 13 a 15 Setembro => Ano Novo Judaico- Suplemento de Alta temporada US$210 dolares por pessoa em duplo
De 22 a 23 Setembro=> Dia do Perdao- NAO OPERAMOS
De 27 Set a 05 Outubro => Tabernaculos – Suplemento de US$250 dolares por pessoa em duplo.

Hospedagem nos seguintes hotéis 4 Estrelas

  • Cairo 02 noites: Barcelo Pyramids ou similar
  • Sharm el Sheik 02 noites: Sol Cyrene ou similar
  • Tiberiades 02 noites: Leonardo Club ou similar
  • Jerusalem 04 noites: Grand Court ou similar

 

Preços incluem:

  • 10 noites em hotel com meia pensão (café da manhã e Jantar)
  • 09 dias de Tour com guia falando português ou espanhol (mediante disponibilidade) em ônibus de luxo.
  • Tours e translados em onibus de luxo com a/c.  Onibus com capacidade para 01 bagagem + 01 mala de mão por pessoa
  • Entradas nos pontos turísticos conforme itinerário.
  • 01 Jantar com Show Folclorico no barco flutuante no Nilo.
  • 02 almocos em restaurantes locais no Egito
  • Maleteiros nos hotéis
  • Gorjetas aos guias e motoristas locais.

 

Preços NÃO incluem:

–     Passeio opcional de barco de vidroem Sharm el Sheik US$ 35 dolares por pessoa.
–     Seguro médico.
–     Despesas extras
–     Almoços
–     Bebidas durante as refeições.
–     Taxas de fronteiras, de aeroportos e vistos.
–     Visto de entrada no Egito, US$ 20 por pessoa com 
assistência e US$ 15 por pessoa sem assistência.
–     Taxa de saida por Taba => US$ 1 por pessoa.
–     Passagem aérea Sao Paulo – Israel – Sao Paulo
–     Taxas de embarque US$ 100,00 por pessoa

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS • Passaporte Brasileiro válido (minimo de 6 meses da expiração) • Atestado internacional de vacinação contra a febre amarela.A vacinação é feita em todo o Brasil, a emissão do Certificado Internacional de Vacinação é feita apenas nos Postos de Vacinação do Ministério da Saúde (click abaixo) . A vacina contra a febre amarela deve deve ser feita, pelo menos, dez dias antes da viagem.
http://portal.anvisa.gov.br/wps/portal/anvisa/anvisa/home


FORMAS DE PAGAMENTOS : 35% DE ENTRADA E SALDO EM ATE 5X NOS CARTOES DE CREDITO

 

 

MAIS INFORMAÇÔES SOBRE OS LOCAIS QUE VAMOS VISITAR !!!

8 curiosidades sobre as Pirâmides antes de viajar ao Egito

Egito sempre foi um destino turístico com uma rica herança cultural e uma grande hospitalidade de seus habitantes.
Quando falamos sobre o Egito pensamos no 
Rio Nilo com faluas (embarcações típicas) e crocodilos, as grandes cidades do Cairo, Alexandria e Assuã, os souks (mercados árabes) e os desertos …
Mas especialmente nas 
Grandes Pirâmides do Egito!
Descubra as maiores curiosidades das 
obras mais emblemáticas do Egito!

 

1. As 3 Grandes Pirâmides do Egito: uma atração turística

As três pirâmides, ou seja, a pirâmide de Quéopsa pirâmide de Khafre e a Pirâmide de Miquerinos, localizadas no Planalto de Gizé, na cidade de Gizé e que anualmente recebe uma média de 10 milhões de visitantes.


2. Quando foram construídas as Pirâmides?

As pirâmides foram construídas cerca de 4000 anos atrás. A menos antiga das pirâmides e também a menor é a de Miquerinos, que data de cerca de 2520 a.C.

“Soldados, do alto destas pirâmides contempla-se quarenta séculos.” por Napoleão Bonaparte


3. A maior construção do mundo

A pirâmide mais impressionante por suas dimensões é a pirâmide de Quéops, cujo lado mede 230m e sua altura é de 146m.
É a maior construção maciça feita pelo homem, com um volume de 2592 341 m3 para uma massa de 5 milhões de toneladas, ou 110 vezes o peso do Titanic.


4. Trabalhadores nas Pirâmides do Egito

Para transportar e empilhar os blocos de calcário que pesavam cerca de 20 toneladas, foram necessários milhares de trabalhadores para erguer as Pirâmides de Gizé (todo o sítio arqueológico).
Acredita-se atualmente que as enormes rampas foram utilizadas para transportar os blocos até topo.

 

5. Segredos das Pirâmides do Egito

Existem muitos enigmas sobre as Grandes Pirâmides do Egito que ainda não foram esclarecidos até o momento: imagina-se que possa existir tesouros dentro das câmaras mortuárias escondidas; uma possível ligação entre a posição e orientação das pirâmides com pontos astrológicos; ou até mesmo sobre o real significado de sua construção.


6. Existem mais de três pirâmides no Egito

Nem todo mundo sabe mas as três pirâmides do Egito não são as únicas! Além das pirâmides que foram enterradas pela areia, ainda existem centenas desses monumentos por todo o território egípcio.

 

7. Uma das 7 Maravilhas do Mundo


A maior das Pirâmides de Gizé, a Pirâmide de Quéops, é uma das 7 Maravilhas do Mundo Antigo, e também a única que resistiu ao tempo.
Todas as outras 6 maravilhas estão extintas: os Jardins Suspensos da Babilônia, a Estátua de Zeus em Olímpia, o Templo de Artemis em Éfeso, o Mausoléu de Halicarnasso, o Colosso de Rodes e o Farol de Alexandria.


8. Temperatura no interior das Pirâmides

Este é um detalhe que deve ser mencionado nesta lista: com uma massa rochosa de tal volume, os interiores podem ter uma temperatura média 20°C ou 68°C.

 

ISRAEL 

Israel (em hebraico: יִשְׂרָאֵל, Yisra’el; em árabe: إِسْرَائِيلُ, Isrā’īl), oficialmente Estado de Israel (em hebraico Loudspeaker.svg? מדינת ישראלtransl. Medīnát Isra’él; em árabe: دولة إسرائيل, Dawlát Isrā’īl), é uma república parlamentar localizada no Oriente Médio, ao longo da costa oriental do Mar Mediterrâneo.

O país faz fronteira com o Líbano ao norte, com a Síria a nordeste, com a Jordânia e a Cisjordânia a leste, com o Egito e aFaixa de Gaza ao sudoeste, e com o Golfo de Aqaba, no Mar Vermelho, ao sul.

Geograficamente, contém diversas características dentro de seu território relativamente pequeno.5 7 Israel é definido como um “Estado Judeu e Democrático” em suas Leis Básicas e é o único Estado de maioria judia do mundo.

Mapa do Reino de Israel noséculo XI a.C.

história da Antiga Israel abrange o período desde o século XX a.C. até à expulsão e Diáspora do povo judaico no século I, na área compreendida entre o Mar Mediterrâneo, o deserto do Sinai, as montanhas do Líbano e o deserto da Judeia. Concentra-se especialmente no estudo do povo judeu neste período, e de forma secundária dos outros povos que com ele conviveram, como os filisteusfeníciosmoabitasidumeushititasmadianitasamoritas eamonitas. As fontes sobre este período são principalmente a escrita clássica como a Bíblia hebraica ou Tanakh (conhecida pelos cristãos como Antigo Testamento), o Talmude, o livro etíope Kebra Nagast e escritos de Nicolau de Damasco, Artapano de Alexandria, Fílon e Josefo. Outra fonte principal de informação são os achados arqueológicos no EgitoMoabeAssíria ou Babilónia, e os vestígios e inscrições no próprio território.

Terra de Israel, conhecida em hebraico como Eretz Israel, é sagrada para o povo judeu desde os tempos bíblicos. De acordo com a Torá, a Terra de Israel foi prometida aos três patriarcas do povo judeu, por Deus, como a sua pátria;32 33 estudiosos têm colocado este período no início do 2º milênio a.C..34 A terra de Israel guarda um lugar especial nas obrigações religiosas judaicas, englobando os mais importantes locais do judaísmo (como os restos do Primeiro e Segundo Templos do povo judeu). A partir do século X a.C.35 uma série de reinos e estados judaicos estabeleceram um controle intermitente sobre a região que durou cerca de 150 anos, para o Reino de Israel, até à sua conquista pelos assírios em 721 a.C., e quatro séculos para o Reino de Judá, até à sua conquista porNabucodonosor em 586 a.C. e destruição do Templo de Salomão pelos babilónios.36 Em 140 a.C. a revolta dos Macabeus levou ao estabelecimento do Reino Hasmoneu de Israel, cuja existência enquanto reino independente durou 77 anos, até à conquista de Jerusalém por Pompeu em 63 a.C, altura em que se tornou um reino tributário do Império Romano.37

Sob o domínio assírio, babilônico, persagrego, romano, bizantino e (brevemente) sassânido, a presença judaica na região diminuiu por causa de expulsões em massa. Em particular, o fracasso na revolta de Bar Kokhba contra o Império Romano em 132 resultou em uma expulsão dos judeus em larga escala. Durante este tempo os romanos deram o nome de Syria Palæstina à região geográfica, numa tentativa de apagar laços judaicos com a terra. No entanto, a presença judaica na Palestina manteve-se, com o deslocamento de judeus da Judeia para a cidade de Tiberíades, na Galileia.38 No início do século XII ainda permaneciam cerca de 50 famílias judaicas na cidade.39 A Mishná e o Talmud de Jerusalém, dois dos textos judaicos mais importantes, foram compostos na região durante esse período. A terra foi conquistada do Império Bizantino em 638 durante o período inicial das conquistasmuçulmanas. O niqqud hebraico foi inventado em Tiberíades nessa época. A área foi dominada pelos omíadas, depois pelos abássidascruzados, os corésmios e mongóis, antes de se tornar parte do império dos mamelucos (1260-1516) e o Império Otomano em 1517.40

Réplica do Segundo Templo, emJerusalém, destruído no ano 70 pelo Império Romano

Embora a presença judaica na Palestina tenha sido constante, os judeus que “sempre lá estiveram” reduziam-se à pequena comunidade rural de Peki’in, árabes em tudo excepto na religião.41 Durante os séculos XII e XIII, houve um pequeno, mas constante movimento de imigrantes judeus para a região, especialmente vindos do Norte de África.42

Após o Decreto de Alhambra em 1492, muitos judeus expulsos de Espanha partiram para a Terra Santa,43 embora se tenham fixado nas cidades onde viviam da caridade e do halukka enviado pelos seus pares na Diáspora.41 Após 1517, sob o domínio Otomano, a região tornou-se uma província esquecida do Império, declinando em população devido à extrema pobreza, impostos exorbitantes, doença e falta de segurança. A população era maioritariamente muçulmana, da qual dez por cento eram católicos. Em 1777, judeus europeus começaram a voltar à região, juntando-se à pequena comunidade sefardita local.44 Por volta de 1800, a população judaica rondaria os três milhares,41 vivendo sobretudo nas “Quatro Cidades Sagradas“,JerusalémHebronSafed e Tiberíades. Despreparados para a rudeza da região, sem conseguir arranjar emprego e impedidos de possuir terras, os judeus europeus viviam na miséria, sobrevivendo, mais uma vez, do halukka.

Já na década de 1850, os judeus chegariam mesmo a constituir pelo menos a metade da população de Safed, Tiberíades e Jerusalém

Ilhas Mauricio e Africa do Sul

Ilhas Mauricio

O Paraiso existe e nao esta fora do seu alcance….

Preparamos esse roteiro especial completo para voce que quer viajar, sem gastar muito e quer conhecer belos, exoticos e incriveis lugares antes distantes por dificuldade de encontrar, preço ou ambos e que agora esta aqui, pra voce!!! Navegue, sonhe e faça esse roteiro realidade esse ano na sua vida!

Sempre com a qualidade Viagens Top, guias especializados, pacote completo sem surpresas, como voce sempre quis!!

Veja abaixo o que estamos falando exatamente:

Saindo de Sao Paulo, Rio de Janeiro ou qualquer outra capital do Brasil direto para Africa do Sul, incluindo Safari e hospedagem DENTRO do Kruger Park, alem é claro, da visita a nao muito famosa para nos, brasileiros, (que a estamos descobrindo nos ultimos 2 anos),  mas incrivel, exotica, paradisiaca e belissima Ilhas Mauricio, tambem conhecida como JOIA DO INDICO.

Descrição breve do roteiro: São 14 dias no total, com aereo, terrestre, transfers e demais servicos executados por nos, para que voce nao tenha nenhuma preocupação;

Cape Town – Africa do Sul / Reserva Privativa – Kruger Park – África do Sul / Johannesburg – Africa do Sul / Mauritius – Mauritius

Incluindo:

• Passagem aérea em classe econômica voando SOUTH AFRICAN AIRWAYS nos trechos São Paulo / Johannesburg / Cape Town / Johannesburg / São Paulo
• Passagem aérea em classe econômica voando SOUTH AFRICAN EXPRESS nos trechos Johannesburg / Hoedspruit / Johannesburg
• Passagem aérea em classe economica voando SOUTH AFRICAN AIRWAYS nos trechos Johannesburg/ Mauritius / Johannesburg
• Hospedagem por 3 noites em Cape Town, com café da manhã
• Hospedagem por 2 noites em Reserva Privativa – Kruger Park, com pensão completa
• Hospedagem por 2 noites em Johannesburg, com café da manhã
• Hospedagem por 5 noites em Mauritius, com meia pensão
• Traslados privativos com motorista em inglês em Cape Town e Mauritius
• Traslados à Reserva Privativa – Kruger National Park realizados em Vans ou Land Rover compartidos com assistência em inglês.
• 4 Safáris fotográficos nas Reservas Privativas – Kruger Park, em Land Rover com assistência de rangers em inglês.
• Seguro Viagem GTA plano Euro Assist (para pessoas até 69 anos)
• Assistência ao embarque no Aeroporto Internacional de São Paulo

Exclui:
• Taxas de Embarque Nacionais e Internacionais, Taxas de Segurança, Combustível e Turismo. Taxa de aeroporto, em ambos os aeroportos do Kruger National Park deve-se pagar localmente a taxa de aeroporto na chegada (90 Rands) (sujeitas a alteração)
• Refeições não mencionadas
• Excesso de bagagem
• Extras de caráter pessoal (telefonemas, bebidas, lavanderia)
• Qualquer item não mencionado como incluído.
• Taxa de entrada no Kruger National Park: normalmente são pagas localmente como a Reserva de Timbavati ao Norte (50 Rands) e Sabi Sands ao Sul (60 Rands), sujeitas a alteração. Taxa de conservação Kruger National Park (130 Rands por dia).

Datas de saída: 28/02 a 29/05/14 e de 30/08 a 20/10/14:  CONSULTE
Datas de saída: 03/12/13 a 27/02/14 e de 30/05 a 29/08/14: CONSULTE

 

1º DIA SÃO PAULO / JOHANNESBURG (ÁFRICA DO SUL)

Apresentação no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos para embarque pela SOUTH AFRICAN AIRWAYS, com destino a Johannesburg.

Kruger Park

2º DIA JOHANNESBURG / CAPE TOWN
Chegada e após os trâmites alfandegários, apresentação no Terminal “B” Doméstico (sem assistência) para embarque no voo da South African Airways com destino a Cape Town. Chegada e traslado ao hotel escolhido para hospedagem por 03 noites com café da manhã.

Cape Town
Cape Town

3º DIA CAPE TOWN
Dia livre. Sugerimos visita de dia inteiro ao Cabo da Boa Esperança.

 

Cape Town
Cape Town

4º DIA CAPE TOWN
Dia livre. Sugerimos passeio aos principais pontos turísticos da cidade.

 

Cape Town
Cape Town

 

5º DIA CAPE TOWN / JOHANNESBURG / KRUGER PARK Em horário apropriado, traslado ao Aeroporto de Cape Town para embarque no voo da SOUTH

AFRICAN AIRWAYS com destino a Johannesburg. Chegada e aguardo da conexão com voo da SOUTH AFRICAN EXPRESS com destino

SA kruger5
Kruger Park

ao Aeroporto de Hoedspruit. Chegada e traslado regular até a reserva privativa à escolher. Acomodação por 02 noites com pensão completa. À tarde, saída para safári fotográfico realizados em Land-Rovers. Ao entardecer, parada em ponto estratégico para observar o pôr do sol nas montanhas, onde serão servido lanches e bebidas. Retorno ao lodge. À noite, jantar típico BOMA (realizado em dias alternados).
(*) A maioria das Reservas Privativas está localizada em áreas periféricas, próximas ao Kruger National Park. Os safáris fotográficos são realizados em território delimitados das Reservas Privativas, sem acesso ao Kruger National Park.

 

SA Kruger Park Car Rental
Kruger National PArk

6º DIA RESERVA PRIVATIVA

Dois safáris fotográficos: um ao amanhecer e outro ao anoitecer, onde se terá a possibilidade de observar os Big Five (Leão, Búfalo, Elefante, Rinoceronte e Leopardo).

Kruger Park
Kruger Park

7º DIA KRUGER PARK / JOHANNESBURG 

Pela manhã, saída para o ultimo safári fotográfico para observar os animais menores, vegetação e plantas típicas do local. Retorno ao lodge para o café da manhã e em seguida, traslado regular ao aeroporto de Hoedspruit para embarque em vôo da SOUTH AFRICAN EXPRESS com destino a Johannesburg. Chegada e traslado em shuttle regular ao hotel para hospedagem por 01 noite, com café da manhã.

 

Johannesburgo - A Capital financeira da Africa
Johannesburgo – A Capital financeira da Africa

8º Dia JOHANNESBURG / MAURITIUS (ILHA MAURITIUS)  
Apresentação no aeroporto (agendar shuttle na recepção do hotel) para embarque pela SOUTH AFRICAN AIRWAYS, com destino a Mauritius Chegada e traslado ao hotel escolhido para hospedagem por 05 noites com café da manhã e jantar.

 

Ilhas Mauricio
Ilhas Mauricio

 

9º Dia ao 12º Dias MAURITIUS 

Ilhas Mauricio
Ilhas Mauricio


Dias livres.
SUGERIMOS: visita à cidade de Port Louis, a agitada capital com suas ruas e o mercado movimentadíssimo, a mistura exótica de povos – chineses, indianos, creôles e descendentes de europeus. Parada no Shopping Le Caudan.

IM images
Ilhas Mauricio
Ilhas Mauricio
Ilhas Mauricio

 

Ilhas Mauricio
Ilhas Mauricio

13º Dia MAURITIUS / JOHANNESBURG 
Em horário a ser informado, traslado ao Aeroporto de Mauritius para embarque pela SOUTH AFRICAN AIRWAYS com destino a Johannesburg. Chegada e traslado em shuttle regular ao hotel para hospedagem por 01 noite, com café da manhã.

14º Dia JOHANNESBURG / SÃO PAULO
Em horário apropriado, traslado em shuttle regular (agendar na recepção do hotel) ao aeroporto para embarque pela SOUTH AFRICAN AIRWAYS com destino a São Paulo. Chegada no Aeroporto Internacional de São Paulo. Fim dos serviços Viagens Top

 

——————————————–

SAIBA MAIS SOBRE OS LUGARES A SEREM VISITADOS, INFORMAÇÕES, CURIOSIDADES, Etc

Africa do Sul: Kruger National Park

O Kruger National Park é o destino da África do Sul mais procurado para um safári. Casa dos Big Five (Os cinco grandiosos – leão, elefante, búfalo, leopardo e rinoceronte), milhares de espécies de pássaros e seis diferentes ecossistemas, o Kruger National Park é uma das mais diversificadas reservas de animais do mundo. É também a maior da África do Sul e uma das mais antigas.

Africa do Sul: Cape Town

Cape Town ou a Cidade do Cabo encanta não só os apaixonados, como é conhecida há anos, mas todos aqueles que amam as coisas boas da vida. A primeira impressão que se tem ao ouvir falar de uma cidade africana é de um destino cheio de exotismo, vida selvagem e natureza, certo? Pois isso é só o começo do que você poderá desfrutar ao visitar a Cidade do Cabo, segunda maior cidade da África do Sul, um dos dez mais procurados destinos turísticos do mundo.

A surpresa começa pela disposição geográfica única, a cidade rodeia o pé de uma montanha, a Montanha da Mesa (do inglês Table Mountain), que leva este nome por apresentar justamente o formato de uma mesa, seguida de uma formação rochosa com 12 picos, que foi denominada pelos locais como “os 12 apóstolos”. Não espere encontrar uma cidade muito grande, na verdade a região metropolitana da Cidade do Cabo, mesmo sendo considerada a segunda maior população da África do Sul, limita-se pelo contorno da Montanha da Mesa com o oceano Índico ao fundo de um lado e o oceano Atlântico do outro, fazendo que seu crescimento seja bastante controlado. Nos seus arredores, há o Cabo da Boa Esperança, o ponto mais distante do continente africano em direção à Antártida.

Realmente é uma experiencia inusitada e inédita


Ilhas Mauricio:

Maurício é chamada de Pérola do Índico. A ilha fica entre a África e Ásia (a aproximadamente 2.000 quilômetros da costa sudeste da África). Tantos são os encantos dali que você certamente irá aproveitar muito.
Todo visitante recebe uma atenção especial por parte dos habitantes locais que são conhecidos pelo sorriso sempre presente em seus rostos, pela atenção e amabilidade com os turistas.

Ilhas Mauricio
Ilhas Mauricio

Maurício é considerada uma “Joia” por suas praias de areia branca, mar em tons esmeralda e turquesa e águas calmas. O povo mauriciano é um dos mais amistosos e sorridentes do mundo, o que fará de sua estada na ilha ainda mais especial.

Em apenas uma frase, define-se Mauritius: A PÉROLA DO OCEANO ÍNDICO.
Com 1.865 km2 e 160 km de costa, rodeada por recifes de corais. A capital e principal porto; Port Louis, foi fundada por Mahé de Labourdonnais em 1736. Antigas construções coloniais inglesas e francesas, como a Praça das Armas, o Teatro Municipal, as Catedrais Católica e Protestante, o Museu da História Natural, etc. A temperatura na costa, varia de 24ºC a 30ºC durante todo o ano. A época de chuvas é de janeiro a março. O clima mais agradável é entre os meses de abril a julho e de setembro a novembro. O inglês é o idioma oficial, predominando no dia-a-dia o francês e o creole. A população é composta por mauricianos, indianos, europeus, africanos e chineses. Conta com uma fauna exótica e rica flora. Facilidades para os principais esportes aquáticos. Prepare-se para relaxar neste paraíso, ao som e dança da sua famosa música nativa: “The Séga”. Todos os hotéis de Mauritius distam entre 1 hora e meia a 2 horas do Aeroporto Internacional.

Nesse paraíso no oceano Índico, a cinco horas de vôo de Johannesburgo, há praias de águas azul-turquesa e resorts disputando para ver qual é o mais requintado. Mordomos chegam até a preparar o banho e (pasme!) limpar seus óculos de sol enquanto você dá um mergulho. A exótica cultura indiana é visível no mercado de Port Louis, com suas especiarias, e no templo hindu Maheswarnath. É imperdível namorar no romântico Jardim de Pamplemousses, com suas palmeiras gigantescas e tanques de vitórias-régias.

A Ilha e protegida pela terceira maior barreira de corais do mundo.

 

Ilhas Mauricio
Ilhas Mauricio

O QUE VISITAR

Na capital Port Louis, não deixe de conhecer a praça Place d’Arms, que tem muitas árvores e estátuas e abriga a antiga Casa do Governo, o Teatro Municipal e alguns dos arranha-céus mais altos de toda a cidade.
Alguns museus também merecem destaque: o Blue Penny, em Caudan Waterfront, mostra a história do país desde a descoberta até a ocupação da ilha; e o de História Natural das Ilhas Maurícias, em Chaussee Street, tem uma vasta biblioteca com mais de 50.000 livros.
A Catedral de St. Louis, em estilo gótico, é um dos pontos turísticos mais procurados.

Ao norte, fica o reduto dos esportes náuticos, como pesca oceânica, esqui aquático e windsurfe, além de ter os bares mais agitados do país, que lota após a contemplação do belíssimo pôr-do-sol. Grand Bay tem também restaurantes e discotecas badaladas. Ao leste do país está a região mais selvagem. Visitem as praias de areia branca de Palmar, Belle Mare e Île aux Cerfs, as lagoas de corais, além do parque aquático Waterpark Leisure Village.

A costa oeste abriga o santuário de pássaros de Casela, que conta com mais de 140 espécies vindas de todos os continentes. Por fim, ao sul, a praia mais popular é Blue Ray, ótima para a prática de windsurfe e vela.

Ilhas Mauricio
Ilhas Mauricio

INFORMAÇÕES E SERVIÇOS

Site de Maurício – www.gov.mu
Site de turismo do país – www.tourism-mauritius.mu

Informações Turísticas MTPA (Mauritius Tourist Promotion Authority) – Victoria House, 4º andar (Port Louis), tel. (230) 210-1545. De seg. a sex. das 9h às 16h; sáb. das 9h ao meio-dia. www.tourism-mauritius.mu

Código de acesso – 230
Moeda – Rúpia mauriciana (Rs).
Idiomas – Inglês e francês
Fuso horário – Maurício está 7 horas a mais do horário de Brasília.
Horário comercial – As empresas costumam funcionar, de seg. a sex., das 8h30 às 16h15 e, aos sábados, das 9h às 12h. Já os bancos estão abertos de seg. a qui., das 9h15 às 15h15; às sex., das 9h15 às 15h30; e algumas instituições, aos sábados, das 9h15 às 11h15.
Clima – As temperaturas costumam variar entre 22°C, no inverno (de maio a outubro), e 34°C, no verão (de novembro a abril). No entanto, o clima na ilha pode mudar, repentinamente, de acordo com o local em que o visitante se encontra, como os atrativos do interior.
Gorjetas – Não é obrigatória e não está incluída nas contas em bares e restaurantes.
Documentos – Passaporte válido e a passagem aérea de regresso são os documentos necessários para ingresso ao país. O controle de entrada de estrangeiros é rígido, por isso tenha em mãos cópias de suas reservas nos hotéis e o bilhete aéreo que especifique a sua data de retorno.
– Certificado Internacional contra Febre Amarela (tomada com até 10 dias antes da viagem);

 

Ilhas Mauricio
Ilhas Mauricio

 

INFORMAÇÕES TURISTICAS E PASSEIOS NA ILHA

 

PORT LOUIS, Maurício – O nome parece estar errado à primeira vista: Ilhas Maurício é como chamamos apenas uma ilha, a principal do Arquipélago de Mascarenhas, composto também por Rodrigues e outras ilhotas não habitadas. Mas conhecer este território de origem vulcânica, isolado no Oceano Índico e protegido do mar aberto pela terceira maior barreira de corais do mundo, é descobrir um país realmente plural, que vai além do clichê de praias de água azul-turquesa e areia branca.

Port Louis
Port Louis

Na ilha visitada pela primeira vez por portugueses (em 1510), colonizada por holandeses (1598) — que a batizaram em homenagem a Maurício de Nassau — e ocupada por franceses (1715) e britânicos (1810), convivem cidadãos de origem indiana (60% da população), africana, chinesa e francesa. A mistura étnica se reflete nas ruas, um caleidoscópio a céu aberto por onde circulam hindus, muçulmanos e cristãos, falando inglês, francês, crioulo (que mescla ao francês as línguas usadas em Madagascar e outros países da África). As diversas facetas aparecem também na arquitetura, na gastronomia, nos costumes, nas roupas, no artesanato. Toda essa diversidade, sem esquecer as belíssimas praias, claro, torna Maurício, que fica a quase dois mil quilômetros a leste do continente africano, atraente o suficiente para tentar conquistar mais turistas brasileiros.

Com áreas de proteção ambiental, oferta de esportes de aventura e resorts de sonho, o arquipélago tem atraído cerca de 940 mil visitantes ao ano, principalmente da França (32%). Há dez anos, o número não chegava a 450 mil, e a meta é alcançar dois milhões até 2015. Em tempos de crise econômica na Europa, o Ministério do Turismo local se voltou para o Brasil. E instituiu um carnaval fora de época, realizado mês passado, com a participação de sambistas do Rio. Esta primeira edição foi considerada um sucesso. E a segunda, ampliada, está confirmada para 2013.

— Queremos ser conhecidos como mais do que um paraíso de praias. Somos um melting pot. Todo mundo em Maurício celebra tanto o Natal quanto o Diwali, o festival das luzes indiano — resume Vivek Raghoonundun, gerente do escritório do Ministério do Turismo da ilha.

 

 

Port Louis - Market
Port Louis – Market

Port Louis, a capital: aroma de baunilha, ritmo de séga

É mais fácil acabar em séga, a dança de movimentos meio latinos e meio caribenhos típica de Maurício, e não em samba um roteiro por essa ilha de 2.040 metros quadrados, e cerca de 330 quilômetros de costa, onde no inverno, de junho a agosto, faz entre 20 e 25 graus Celsius, e no verão, de novembro a janeiro, entre 30 e 35 graus Celsius. Na capital, Port Louis, está o Mercado Central, coração pulsante, uma construção antiga em uma área pobre, colorida e perfumada no primeiro piso por frutas, legumes, temperos e baunilha. No segundo andar, repleto de sáris e hijabs cruzando os corredores em meio a vestimentas ocidentais, ficam barracas de artesanato e tecidos. A palavra de ordem é pechincha. Se não tem intenção de comprar, melhor nem perguntar quanto é. O mesmo vale para a Chinatown ali ao lado: pechinche na sucessão de lojas entremeadas por restaurantes chineses em ruas estreitas.

Depois da imersão na(s) cultura(s) mauriciana(s), vale um refresco. Melhor ainda, um caldo de cana-de-açúcar (com ingredientes como limão, gengibre, menta, tamarindo, manga ou cerveja local) num simpático quiosque do Caudan Waterfront, espécie de shopping à beira-mar. O copo custa 100 rúpias (cerca de R$ 6,50), e o prazer de se sentar de frente para o porto da cidade de 150 mil habitantes e jogar conversa fora, vendo um arredio artista rastafári talhar belas peças em madeira, não tem preço. No local há 170 lojas, restaurantes, cinemas, cassino, hotéis e um museu.

A parada é obrigatória para pensar por onde começar a conhecer Maurício. Seja qual for seu destino, é bom saber que as distâncias na ilha são sempre grandes para andar a pé. Alugar carro é uma opção, mas é bom lembrar que em Maurício a mão é inglesa. Vale pegar um táxi ou contratar um tour quando a intenção for visitar várias atrações turísticas numa mesma região.

Quer priorizar a natureza? Não deixe de ir ao La Vanille Réserve des Mascareignes, ao Sul, onde vivem 800 tartarugas-gigantes, vindas das Seychelles e reintroduzidas na ilha por recomendação de Charles Darwin, depois que as locais foram extintas no século XVIII. Isto porque os marinheiros franceses as capturavam para levá-las em seus navios a fim de aproveitar a carne e o óleo — as tartarugas podiam ficar meses embarcadas quietinhas, sem comer ou beber. Na reserva de La Vanille se pode montar nelas. A mais velha tem 97 anos e mais de 275 quilos. Outra atração são os crocodilos do Nilo, importados de Madagascar, que podem ser apreciados vivos e mortos. No restaurante cujo nome quer dizer Crocodilo Faminto, num varandão entre árvores e com pássaros visitando as mesas, são servidas especialidades como curry de crocodilo, crocodilo agridoce em arroz cantonês, bife de crocodilo com legumes, brochete de crocodilo com baunilha e até hambúrger de crocodilo, com queijo, tomate, alface, cebola e batata frita.

Outro bom encontro com a natureza é visitar o Parque Natural de Casela, espécie de jardim zoológico que exibe mais de dois mil pássaros de 148 espécies do oeste da ilha. As aves são o forte do país, que foi habitat de uma linhagem única, já extinta: o dodo, hoje vivo apenas no brasão oficial da ilha e em suvenires. Grande como um ganso, lento, com asas muito curtas, que não conseguiam fazê-lo voar, o dodo não tinha inimigos naturais, e vivia sossegado até a chegada dos holandeses, famintos. Em 1693, menos de cem anos após o início da colonização, todos os exemplares da espécie já haviam sido devorados por eles. Atualmente, para contar a história do dodo restam apenas desenhos feitos por naturalistas, uma pata no Museu de História Natural de Londres e uma cabeça no Museu de Zoologia da Universidade de Oxford. No Parque de Casela também é possível ter outra experiência mais radical: uma caminhada com três gerações de leões.

Mas se selvagem, para você, só praia, há de haver uma a seu gosto nos 330 quilômetros de costa das Ilhas Maurício, onde, em tese, elas são todas públicas desde a década de 1970. Mas é bom saber que os resorts têm fiscais nas faixas de areia que consideram suas para perguntar aos banhistas o número do quarto em que estão hospedados. Quem não quer passar por esse constrangimento pode optar por praias bem longe dos complexos turísticos. Entre as preferidas da população local está Péreybère, pequena, de águas azuis profundas e cercada de bares e restaurantes. Na estreita faixa de areia, há vendedores de amoras vermelhíssimas, escultores de areia e banhistas. Já Flic en Flac (contração de free and flat land, algo como “terra livre e plana” em tradução livre) e Le Morne são mais amplas. A primeira, a maior da ilha, é boa para nadar. A segunda, por causa dos ventos, tornou-se a favorita dos kitesurfistas. E tem ainda Mont Choisy, Trou aux Biches, Belle Mare, Blue Bay… Todas ficam apinhadas nos fins de semana, com direito a kombis e barracas de camping. Mas durante a semana, em geral, são quase desertas.

Rum e chá pelas fábricas da ilha

Maurício não é um exemplo de industrialização. Mas suas poucas fábricas merecem uma visita. Não tanto pelas linhas de produção e montagem — embora seja muito curioso conhecer mais sobre o processo de manufaturação do chá e da baunilha, produtos típicos — mas principalmente pelas degustações que elas proporcionam.

Um passeio à linda Rhumerie Chamarel, de rum, é imperdível para quem visita os arredores de Le Morne. Na Chamarel é possível ver todas as etapas da produção da bebida. Ali são feitas 250 mil garrafas por ano, sendo 100 mil delas para exportação. Vale provar os thé rhuns, misturas de rum com baunilha, abacaxi, coco, limão e caramelo. Outro destaque é o Vanilla Liquer (feito com o Premium Rum), que pode ser tomado em coquetéis ou puro, com uma taça de café. Tudo está à venda na charmosa lojinha, que tem itens como chutney de banana, outro produto abundante nas Ilhas Maurício. Quem vê o apetite se abrir com a visita pode almoçar no L’Alquimiste Canard, e provar entradas como o foie gras à l’nanas, e pratos como o curry l’alquimiste, com frango e camarão ao leite de coco.

Mas a bebida nacional é o chá. De preferência, o de baunilha. Para prová-lo, vale ir até a fábrica Bois Chéri, de 1892, onde três mil toneladas de folhas são transformadas em cerca de 700 toneladas de chá por ano, 15% delas para exportação (uma das compradoras é a parisiense Mariage Frères). O mesmo chá (thea sinesis, da família da camomila) pode ganhar vários sabores, com acréscimo de essências de maracujá, menta, coco e baunilha. Ao fim da visita, pode-se parar na varanda da casa de chá emoldurada por um lago para degustação. E continuar no restaurante ao lado. Por 1.500 rúpias (R$ 100) é possível comer bem: salada de palmito; curry de frango com camarão ou de carne de porco; banana flambada ao rum ou sorvete de manga.

Do mesmo dono, perto dali, está Saint Aubin, casa colonial de 1819 onde se desfruta de uma típica refeição mauriciana, com frango ao molho de baunilha entre as opções. Em Saint Aubin é possível visitar uma estufa de orquídeas que dão a baunilha, e saber um pouco mais sobre os bastões vegetais que têm cheiro ruim para quem espera sentir aquele odor adocicado. Após fervidos, passam por vários processos de secagem e, uma vez prontos, custam 15 rúpias (R$ 1) o grama.

Nas vilas: quilombo, lago sagrado e mesquitas

Os mauricianos costumam dizer que é nas vilas que está a Maurício real. Para ter este suposto choque de realidade, no entanto, nem é preciso dar as costas para as paisagens de sonho da ilha. Um bom exemplo é rumar para o Sudoeste, em direção a Chamarel e Le Morne, terras de negros cristãos. Ambas surgiram como quilombos, no início do século XIX, quando os escravos africanos fugiam das fazendas de cana-de-açúcar para se esconder de seus senhores na montanha que se tornou símbolo de resistência à escravidão.

Em Le Morne (palavra crioula que significa “mistura”), cerca de 200 escravos viviam isolados numa pequena comunidade quando, em fevereiro de 1835, soldados chegaram para avisar da abolição. Achando que estavam sendo atacados, e sentindo-se sem chances de reação, eles cometeram suicídio coletivo atirando-se montanha abaixo. O local — em frente à praia de mesmo nome, e que é ponto de kitesurfe — acabou sendo declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco e hoje é marcado por um pequeno monumento.

Chamarel e Le Morne se mantém como vilas de pescadores que concentram negros e seus costumes e tradições. É onde se vê mais igrejas católicas e se come a legítima comida crioula, num clima mais quente e de vegetação seca. Também se pode aproveitar para conhecer lugares curiosos, como a Terra de Sete Cores, propriedade privada onde é possível apreciar a beleza de um tipo de solo raro, colorido, que lembra aquelas garrafinhas de areia do Nordeste do Brasil.

O efeito é resultado de um fenômeno geológico: a lava que um dia desceu do vulcão Trou aux Cerfs, que deu origem à ilha (a última erupção foi há 600 mil anos), em contato com o clima quente e úmido da região, oxidou metais dando cor à terra. O roxo, por exemplo, é alumínio; o vermelho, ferro. Ali não cresce nada que se plante. Por isto o lugar ficou conhecido como Bad Land (terra ruim).

No caminho para a Terra de Sete Cores está uma cascata, alimentada pelos rios Saint Denis e Viande Salié, que tem água de dezembro a abril, período de chuvas e ciclones (embora nos últimos seis anos não se tenha tido sinais deste fenômeno na ilha). Tão interessante quanto ver a queda d’água, que tem cem metros de altura, é observar a montanha mesclada cortada por ela: os diferentes tons das camadas de lava basal e areia mostram as várias idades geológicas do terreno. Também vale parar num dos restaurantes simples da região onde, na época de caça, que começa em julho, é possível provar deliciosos pratos de carne de porco.

Mais ao sul, o clima muda. A paisagem também. O tempo esfria, fica mais úmido. Saem as plantações de cana-de-açúcar, e o que se vê é chá de um lado e florestas do outro. Entre um e outro destaca-se uma estátua gigante de Shiva, doada pelo governo da Índia e erguida entre 2005 e 2007 ao lado do Ganga Talao ou Grand Bassin, lago natural que fica na cratera aberta há milhares de anos pelo extinto vulcão que originou a ilha. Considerado sagrado, em suas águas não é permitido nem pescar. Estamos no distrito de Savanne, 1.800 metros acima do nível do mar, lugar de peregrinação de mauricianos de fé hindu. Cerca de 600 mil pessoas visitam o local num festival que costuma ocorrer entre fevereiro e março.

Já ao norte, onde estão as mais lindas entre as mais lindas praias, pode-se ver mais muçulmanos e suas mesquitas. Mas os traços árabes não estão tão bem marcados numa vizinhança específica. O fato é que, por onde quer que se ande em território mauriciano o que se vê é uma mistura étnica que ora parece ter mais ingredientes de uma, ora de outra cultura.

Não poderia ser diferente. A ilha, que até o início do século XVI era desabitada, com os colonizadores franceses e ingleses ganhou escravos vindos da África para trabalhar nos canaviais. Com a abolição da escravatura, a mão de obra africana foi substituída pela indiana e chinesa, povos que trabalharam ainda em outras culturas, como a do chá e a da baunilha, também produtos típicos de Maurício.

Com os ciclos migratórios de seres humanos de tradições tão distintas, a terra que originalmente era dos pássaros foi formando sua identidade múltipla, que hoje salta aos olhos, e também aos ouvidos de quem chega. A população de mais de 1,3 milhão de habitantes fala oficialmente francês e inglês, mas nas ruas o que se ouve mais são o francês e o crioulo.

Um templo para chamar de seu

Mesmo o menos religioso dos turistas não consegue resistir à tentação. Em um país onde o hinduísmo é a religião predominante, praticado por pouco mais de 50% dos habitantes, os católicos são 30% e os muçulmanos, quase 20%, passar por alguns dos templos espalhados pelas ruas sem pelo menos parar, entrar e fotografar é um sacrifício em vão. Os hindus são os que mais chamam a atenção, principalmente os tamil, multicoloridos e com esculturas de deuses e animais. Um dos mais tradicionais é o Vishnu Kchetre Mandir, em Port Louis, aberto em 1932.

Já as mesquitas muçulmanas em geral são brancas com tons de verde. As mais antigas e imponentes de Maurício são a Al Aqsa e a Mesquita Jummah (Grande Mesquita), ambas em Port Louis. Al Aqsa, do início do século XIX, demorou a ser construída. A primeira tentativa foi em 1798, quando a pequena comunidade muçulmana da ilha (de imigrantes da Índia e do Paquistão) manifestou o desejo de erguer ali um templo, mas encontrou oposição dos colonos franceses.

Somente na terceira tentativa, em 1805, os muçulmanos conseguiram ver o sonho realizado. A construção começou no mesmo ano e, até 1852, quando a Jummah foi erguida, Al Aqsa permaneceu como o único templo da religião em Maurício.

Também se destacam na paisagem pagodes chineses como o Kwan Tee, que pertence à Sociedade Cohan Thai Bui e foi construído em 1832.

Mais familiares para os ocidentais, as catedrais de Saint Louis e de Saint James, do século XVIII, complementam a ambiência multirreligiosa da capital.

Croacia Incomparavel !!! – Veleiro

Viajar pelo melhor do litoral CROATA, de veleiro – Exclusivo !!!

De  Zagreb a  Dubrovnik

Conhecendo entre outras ilhas, praias e cidades : – Zadar, Telascica (Parque Nacional Kornati), Hvar, Vodice, Trogir, Split, Bol, Korcula, dubrovnik e Zlatni Rat” (Cabo de Ouro) considerada a mais bela praia do Adriático e uma das 10 praias mais belas do mundo.

Com pensao completa a bordo do Veleiro.

__________________

Dia 01 – Zagreb

Chega a Zagreb, traslado ao Hotel escolhido,

Recepção, jantar e pernoite no hotel

 

Dia 02 – Zagreb / Plitvice

Saida de carro, pela manhã, apos o maravilhoso cafe da manha, para conhecermos esse que é um dos lugares mais lindos e mais limpos do mundo, Patrimonio Mundial da Unesco desde 1988, o Parque Nacional de PLITIVICE, lugar extremamente lindo, composto por 92 cachoeiras e 16 lagos.

croacia 00

Dia 03 – Plitvice/ Zagreb / Zadar

CRO zagreb

Café da manhã e lá pelas 14.00/15.00 horas apresentação na recepção do hotel para irmos por estrada ao porto da cidade de Zadar.
Embarque, Jantar e noite a bordo.

Dia 04 – Zadar / Telascica (Parque Nacional Kornati)

Pensão completa a bordo. CRO Zlatni Rat
Durante a manhã realizaremos a visita panorâmica a cidade de Zadar.
Localizada num promontório com vista para o Adriático, e contém vários belos edifícios, incluindo a igreja de Sveti Kriz, de São Francisco, a igreja de San Donato, etc.
Regresso ao porto e no inicio da tarde navegação até ao arquipélago do Parque Nacional das ilhas de Kornati, ancoraremos na estreita enseada de Telascica, próxima à entrada do parque.
Noite a bordo.


Dia 05 – Telascica / Ilhas Kornati / Vodice

Pensão completa a bordo  CRO Zadar
Partida para a entrada do Parque Nacional Kornati que tem cerca de 140 ilhas e ilhotas.
O parque protege águas com grande riqueza de vida marinha e é uma área de beleza indescritível.
Na parte da tarde chegaremos à península na cidade de Vodice, onde ancoraremos.
Noite a bordo.


Dia 06 –  Vodice / Trogir / Split

Café da manhã + almoço (a bordo).
Navegaremos em direção à localidade de Trogir, onde pararemos para realizar a visita panorâmica desta cidade medieval destacando o Castelo de Kamerlengo no porto, e a Catedral de São Lorenço.
Regresso ao navio e navegação até à segunda cidade mais importante da Croácia: Split. Chegada e visita panorâmica a pé da zona antiga da cidade que tem muito charme, e onde está o famoso Palácio de Diocleciano, o Templo de Júpiter, o peristilo e da Catedral.
Tempo livre.
Noite a bordo. CRO Hvar


Dia 07 – Split / Bol / Hvar

Pensão completa a bordo.

Navegaremos até Bol, onde se encontra o famoso “Zlatni Rat” (Cabo de Ouro) a mais bela praia do Adriático, considerada uma das mais belas praias do mundo.
Continuamos navegando para Hvar, ilha belíssima com as suas vinhas e plantas aromáticas de “lavanda”.
Noite a bordo.

Dia 08 – Hvar / Korcula CRO kornati

Pensão completa a bordo.
Saída até à ilha de Korcula e visita panorâmica do centro histórico, onde se pode admirar o Palácio do Reitor, com suas torres impressionantes do século XV, o Museu da cidade do século XVI, bem como numerosos exemplos da arquitetura de Korcula.
Noite a bordo.    


Dia 09 – Korcula / Dubrovnik

Café da manhã + almoço (a bordo).
Navegação na parte da manhã para Dubrovnik.CRO national-park-kornati-croatia
Chegada a esta encantadora cidade medieval chamada de “Pérola do Adriático” e pela tarde visita panorâmica a pé da antiga cidade localizada a este, e que é apenas para pedestres.
Tempo livre. Noite a bordo.

 


Dia 10 – Dubrovnik – Cidade de origem

Café da manhã (a bordo).
Desembarque e traslado ao aeroporto de Dubrovnik.
Fim dos nossos serviços.

Possibilidade de extensao com passeio em Dubrovnik e Montenegro.

O preço inclui:

• PAsseio a Plitivice de carro ida e volta e entrada para o parque
• 7 noites a bordo em cruzeiro/veleiro Motovelero Amore segundo o roteiro acima descritoCro Korcula
•  Regime alimentício indicado no programa (7 cafés da manhã, 6 almoços e 5 jantares).

• Bebidas não incluídas.
• Todos os traslados
• Visitas (sem entradas) com guias locais de fala espanhola em Zadar, Trogir, Split, Dubrovnik e Ilha de Korcula
• Seguro de viagem.
• Traslados de chegada e partida

O Preço NãO inclui

• Excursões opcionais.
• Bebidas às refeições, gorjetas, taxas e/ou qualquer outro serviço não especificado no roteiro descrito acima.

DESCRIÇÃO DO VELEIRO:
Características e ficha técnica – MS Amore

• O MS Amore de tem e 40 metros de comprimento, com capacidade para 40 pessoas, em cabines externas com banheiro privativo e chuveiro, localizados em 3 convés diferentes. A navegação é realizada normalmente a motor, as velas são pouco necessárias, por isso as travessias são pouco ondeadas.

• Deque Inferior: 2 quartos triplos (cama de casal + cama extra), 2 cabines com cama de casal, 4 cabines com camas separadas.
• Deque principal: uma cabine com cama de casal e 4 cabines com camas separadas.
• Deque Superior: 2 cabines com cama de casal e 4 cabines com camas separadas.
• O Veleiro também tem restaurante e lounge coberta, solárium de 150 metros quadrados. A eletricidade a bordo é de 220 V.
• Regime de pensao completa, sem bebidas, sendo proibido subi-las a bordo pelos senhores clientes. O barco tem um pequeno bar onde os clientes dispõem de bebidas que podem consumir e pagar no final da viagem em dinheiro, não se aceitam cartões de crédito, os preços são bem acessíveis.
• Os camarotes possuem roupa de cama e conjunto de toalhas para o banheiro, mas não com itens de higiene pessoal (xampu, sabonete, etc) .. As roupas e a limpeza do camarote sao  feitas somente uma vez (antes da entrada dos Clientes.).

Por último,  queremos deixar claro que estes cruzeiros não podem ser comparados com navios de grande porte, que tem todos os tipos de comodidades. Os Cruzeiros que oferecemos aqui, têm um conforto modesto, adequado para um cliente não muito exigente de comodidades, mas é a melhor maneira de conhecer as pessoas e a natureza de um país montanhoso que vive ligado a suas costas e com praias e ilhas belíssimas. Se existe um lugar no mundo ideal para este tipo de viagem é sem dúvida a costa dálmata, já que as águas sao calmas e a proximidade com suas centenas de ilhas e ilhotas, beneficiam este tipo de viagem. Recomendamos viajar com pouca bagagem. OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Safari no Kruger Park & Cape Town

Safari Kruger Park & Cape Town de 7 dias

Kruger National Park – África do Sul

Uma excelente oportunidade para conhecer este paraiso….estar em contato direto com a natureza…com belissimos e até raros animais!!

– 2 safaris incluídos por dia safari-africano-8
– Tours em Cabo da Boa Esperança e Vinícolas de Stellenbosch
– Datas disponíveis até julho

ROTEIRO KRUGER PARK & CAPE TOWN

– 2 noites em Kruger Park no Hotel Imbali Safari Lodge.
– 4 noites em Cape Town no Hotel  The Cape Milner Hotel

 

DESCUBRA

O Kruger National Park é o destino da África do Sul mais procurado para um safári. Casa dos Big Five (Os cinco grandiosos – leão, elefante, búfalo, leopardo e rinoceronte), milhares de espécies de pássaros e seis diferentes ecossistemas, o Kruger National Park é uma das mais diversificadas reservas de animais do mundo. É também a maior da África do Sul e uma das mais antigas.

Cape Town ou a Cidade do Cabo encanta não só os apaixonados, como é conhecida há anos, mas todos aqueles que amam as coisas boas da vida. A primeira impressão que se tem ao ouvir falar de uma cidade africana é de um destino cheio de exotismo, vida selvagem e natureza, certo? Pois isso é só o começo do que você poderá desfrutar ao visitar a Cidade do Cabo, segunda maior cidade da África do Sul, um dos dez mais procurados destinos turísticos do mundo.
Safari Kruger 09
A surpresa começa pela disposição geográfica única, a cidade rodeia o pé de uma montanha, a Montanha da Mesa (do inglês Table Mountain), que leva este nome por apresentar justamente o formato de uma mesa, seguida de uma formação rochosa com 12 picos, que foi denominada pelos locais como “os 12 apóstolos”. Não espere encontrar uma cidade muito grande, na verdade a região metropolitana da Cidade do Cabo, mesmo sendo considerada a segunda maior população da África do Sul, limita-se pelo contorno da Montanha da Mesa com o oceano Índico ao fundo de um lado e o oceano Atlântico do outro, fazendo que seu crescimento seja bastante controlado. Nos seus arredores, há o Cabo da Boa Esperança, o ponto mais distante do continente africano em direção à Antártida.

Plains Zebras drinking waterRealmente é uma experiencia inusitada e inédita.
O que está incluído:

– Kruger Park: 3 refeições diárias + 2 safaris por dia (pensão completa)
– Cape Town: café da manhã
– Transfer aeroporto in/out: Cidade do Cabo e Hoedspruit**
– Tours: Cabo da Boa Esperança e Vinícolas de Stellenbosch (dia inteiro)

DESCRIÇÃO DOS HOTÉIS

Imbali Safari Lodge***** 
O hotel encontra-se dentro do Kruger National Park. Este é um hotel de luxo, que dispõe de um restaurante, de um bar/lounge, de uma piscina e de vista deslumbrante do parque. Oferecemos pensão completa.

The Cape Milner Hotel****
O hotel está situado em City Bowl em Cape Town, perto da Company Gardens, da Galeria Nacional da África do Sul e do Victoria and Alfred Waterfront. O hotel tem uma piscina exterior e uma sala de fitness. Há ainda um restaurante, um bar junto à piscina e de um bar/lounge.

-O quarto escolhido possui cama king size, jacuzzi privativa e uma varanda com espreguiçadeiras para você apreciar a paisagem. O quarto está equipado com aparelho de ar-condicionado, telefone e frigobar.

 

Facilidades: Safari Kruger 16Safari Kruger 17Safari Kruger 06
– Wi-Fi (sujeito a taxa)
– Cofre
– Frigobar
– Secador de cabelos

Israel Diferenciado

Roteiro Especial – 1º MARCHA PARA JESUS – ISRAEL

Roteiro imperdivel para Israel – Tel Aviv, Cafarnaum, Monte das bem aventuranças e muitos mais….

Aproveite para andar…sentir…e conhecer onde Jesus viveu….andou…pregou…ensinou…..fez milagres..etc

Renove seus votos ou aproveite para se batizar se ainda nao o fez,  no Rio Jordao….

Venha para ISRAEL  – Roteiro especial – Mesma epoca da 1º marcha pra JESUS em Israel….imperdivel!!

Confira o roteiro abaixo:

 

11/10 – Sexta-  feira – Embarque Guarulhos  – Tel Aviv 

Embarque a partir do aeroporto de Guarulhos para Israel Israel 02

 

12/10 – Sábado – Chegada  em  Israel

Desembarque no aeroporto Internacional David Ben Gurion. Assistencia para entrada no Pais, como nossos guias especializados.  Viagem para o norte, começando nossas visitas pela Galileia. Acomodação e jantar no Hotel – Tiberíades

Israel 04

13/10 – Domingo – Passeios pela Galileia e os Ministerios de Jesus

Passeio de Barco pelo Mar da Galileia, Banias, Cafarnaum, Tabgha e Monte das Bem Aventuranças.
Jantar no Hotel escolhido, em Tiberíades

 

14/10 – Segunda-feira  – Galiléia e Marcha para Jesus

Nazareth Village, Corazin – Onde recordaremos a destruição das 3 cidades – Beiit Saida, Corazim e Cafarnaum, as quais, Jesus profetizou. Israel 07

Passeio Galileia e na Terra Santa – Guias em Espanhol e Portugues

Louvores para o Senhor na beira do Mar da Galiléia
Jantar no Hotel escolhido, em Tiberíades

 

15/10 –  Terça- feira – Chegada à Tiberíades Israel 10

Yardenit – Renovação dos votos do Batismo
Monte do Precipício  – Maravilhosa vista do vale de Jeerzael e de Nazaré (descritos em Lucas 4:29 ) – Localpara onde levaram Jesus, depois de ser expulso da Sinagoga, quando proclamou o ano da Graça do Senhor, como determinou o Profeta Isaias

Meggido (Armagedon)
Fonte de Harod
Jantar no Hotel escolhido, em Tiberíades

 

Israel 12

16/10 – Quarta- feira – Chegada à Jerusalém

Saída do hotel Israel 08

Vamos em direção ao Monte Carmelo, Cesareia Marítima e Joppe
Subida em direção à Jerusalém, através do deserto da Judeia e Entrada triunfal no Monte Scopus
Cerimônia de chegada à Jerusalém.
Acomodação e jantar no Hotel escolhido em  Jerusalém

17/10 – Quinta- feira – Jerusalém

Visitas a:

Monte das Oliveiras, Horto das Oliveiras, Porta dos Leões, Tanque de Betesda, Via Dolorosa, Jardim do Túmulo e um passeio maravilhoso ao Mercado Árabe
Retorno ao hotel, jantar!

 

Retorno ao hotel

 

18/10 – Sexta- feira – Jerusalém II

Cidade de David  – Túnel de Ezequias e Tanque de Siloé
Davidson Center
Muro das LamentaçõesIsrael 06
Monte Sião – Cenáculo
Igreja Alta do Galicantum

Retorno ao  Hotel

19/10 – Sábado – De Jerusalém para o Brasil

No horário combinado e comunicado pelo guia no dia anterior, saída do hotel,
para o Aeroporto Internacional e assistência de embarque total.

Viagem de Retorno para o Brasil.


20/10 – Domingo – Brasil

Chegada ao Brasil, fim de nossos serviços.

Inclui:

  • Passagem aérea em classe econômica
  • Recepção em todos os aeroportos mencionados e traslados Aeroporto/Hotel/Aeroporto
  • Hospedagem nos hotéis escolhidos, em categoria superior, com café da manhã e jantar
  • Todas as entradas nos locais mencionados e passeios,
  • Guia falando espanhol ou português
  • Seguro viagem TOTAL
  • Todas as gorjetas, incluindo guias, carregadores de bagagens e motoristas  em Israel
  • Tours (passeios) e traslados em ônibus de luxo com ar-condicionado

VALOR POR PESSOA NO APTO DUPLO / TRIPLO 

Hotéis categoria 3*  – USD 3499,00
Suplemento apto individual USD 768,00
Hotéis categoria 4* – USD 3799,00
Suplemento apto individual USD 879,00
Hotéis categoria 5*  – USD 4499,00
Suplemento apto individual USD 989,00

OBS.: Os valores serão convertidos em reais  na data do Pagamento, e estão sujeitos sempre à variação cambial.
Os valores incluem tanto parte aérea, como parte terrestre por pessoa em apto duplo e já incluem taxas de embarque,
para saída de Guarulhos  na data descrita acima, sujeitos à disponibilidade de momento.

Para mais informações ou descontos para grupos acima de 6 pessoas, entre em contato no email contato@viagenstop.com.br

 

O melhor do LESTE EUROPEU!!

GRAND TOUR BALKAN

O melhor do Leste Europeu – 5 paises ….

14 dias / 13 noites

Descobrindo a costa da Dalmácia da  Croácia,  Montenegro,  Bósnia e Herzegovina,  Macedônia e  Albânia

Imperdivel!!

DIA 1:

 Chegada no aeroporto de Zagreb Balkan 01
 Transferência para Zagreb
 Check-in no hotel
 Opção: Visita da Cidade de Zagreb
 Jantar no hotel
 Pernoite em Zagreb

ZAGREB – a capital e a maior cidade da Croácia

Zagreb é a capital da República da Croácia. Durante séculos foi um ponto importante da cultura e da ciência, e agora se tornou um centro de comércio e indústria também. Zagreb é também o centro dos negócios, acadêmicos, mundos culturais, artísticas e esportivas na Croácia. Muitos famosos cientistas, artistas e atletas vem da cidade, ou trabalhar nele. A cidade possui uma “cidade velha” medieval encantadora, com arquitetura e ruas de paralelepípedos que lembram de Viena, Budapeste, Praga e outras capitais da Europa Central, embora misturado com uma forte influência italiana. Ela pode oferecer aos seus visitantes a atmosfera barroca da cidade, pitorescos mercados ao ar livre, estabelecimentos comerciais diversos, uma abundante selecção de artesanato e uma culinária vernáculo escolha. Zagreb é uma cidade de parques verdes e passeios, com muitos lugares para visitar na bela paisagem. Apesar do rápido desenvolvimento da economia e do transporte, que manteve o seu charme, e uma sensação de relaxamento que a torna uma cidade verdadeiramente humana.

DIA 2:
 Café da manhã no hotel e check-out
 Drive para cachoeiras Plitvice (135 km) para a visita ea livre para almoço
 Continue a Šibenik (187 km) e visita panorâmica
 Check-in no hotel
 Jantar no hotel
 Pernoite em Šibenik

PLITVICE – uma neblina, uma maravilha natural! croacia 12
Localizado em uma floresta misteriosa profunda antigo conhecido como o “Jardim do Diabo” entre Zagreb e Zadar reside Parque Nacional de Plitvice, composto de 19,5 hectares de bosques, lagos e cachoeiras. Imaginem Niagara Falls em cubos e polvilhado sobre um densamente florestada Grand Canyon. Isso vale exuberante de lagoas geminadas é atado juntos por cachoeiras e quilômetros de walks.It prancha de madeira agradável é uma das principais atracções turísticas da Croácia e mais antigo parque nacional na Europa, merecidamente classificado como Património Mundial da UNESCO desde 1979. Inúmeras cascatas e água clara e estranhamente colorido tornar o Parque Nacional de Plitvice um enevoado paraiso.

Balkan 03

SIBENIK – a mais antiga cidade croata do Adriático, com uma localização extraordinária
A cidade histórica de Sibenik, conectado com a expansão e desenvolvimento do Estado croata cedo, é rica em monumentos históricos e culturais. O representante mais entre eles é a famosa Catedral de Sibenik, um dos projetos mais originais de arquitectura do final da Idade Média, principalmente ligados ao local de mestre Juraj Matejev Dalmatinac (George da Dalmácia). Sibenik é hoje um centro turístico situado na área onde o arquipélago melhor recuado na Europa (Ilhas Kornati) e fenômenos cársticos hidrográficas (Skradinski Buk, Visovac, Roski Cachoeira) fundem-se o turista ecológica e esteticamente mais atraente e zona de lazer no Croata Adriatic.natural wonderland.

DIA 3:
 Café da manhã no hotel e check-out
 Drive para Cascades Krka (14 km)
 Continue a Zadar (75 km) e visita panorâmica
 livre para almoço
 Continuar para Split (158 km) e passeios de turismo
 Check-in no hotel
 Jantar no hotel
 Pernoite em Split

PARQUE NACIONAL KRKA – o império do rio Krka
Krka Rio, a beleza magnífica cárstica viajar dois terços do seu caminho para o mar através de desfiladeiros, é um completo oposto do parque nacional de Kornati. Em seu caminho verde tem sete quedas, a última e mais famosa sendo Skradinski buk com uma vazão média de 55 metros cúbicos de água por segundo. Parque Nacional de Krka é rica em flora e fauna. 222 espécies de aves vivem lá, tornando-se uma das áreas mais valiosas ornitológicos na Europa. Você pode visitá-lo de carro, barco ou a pé. Certifique-se de visitar o museu etno em um dos antigos moinhos. Parque Nacional de Krka também tem o centro de treinamento só falcão na Croácia, onde você pode ver apresentações de caça com falcões e habilidades falcão formadores.

Balkan 04
ZADAR
– a cidade com história de mais de 3000 anos

Zadar foi durante séculos a capital da Dalmácia, mas hoje é o centro da região. Rica herança cidade de importância mundial pode ser visível a cada passo. Um visitante pode ser facilmente impressionado pelo Fórum romano do século 1 ou Igreja de São Donato “a partir do século 9 – a mais famosa Basílica medieval e comercial da cidade, a Igreja românica reconstruído O St. Grisigono a partir do século 12 e do St . sino Maria torre do ano 1105; Catedral de St. Anastasia, desde o século 13; Praça do Povo com Lodge da Cidade e Guardhouse a partir do século 16, bem como as paredes de fortificação poderosos com mar de primeira classe (farer) e Terra portões a partir do século 16, seguido pelos três e cinco Praças Wells e muitos palácios, casas e outros monumentos históricos. Balkan 11

SPLIT – o centro cultural e econômico da Dalmácia
Split é a maior cidade e mais importante na Dalmácia. A cidade foi desenvolvido em torno do palácio, que foi construído no século 4 pelo imperador romano, Diocleciano. Você também pode visitar as adegas antigas, Catedral, Templo de Júpiter e da cidade de Ouro Gate.The de Split está situado na parte central da costa oriental do Adriático e faz fronteira com a boca do pequeno rio Îrnovnica no Sudeste, e os Jadro rio no Norte. Dividir oferece seus muitos encantos, os pinheiros da floresta Marjan na parte ocidental da península, o murmúrio do mar eo som da música dálmata nas ruas de pedra da cidade. Split tem um clima muito favorável caracterizado por um céu extremamente brilhante, com cerca de 2700 horas de sol por ano.

DIA 4:
 Café da manhã no hotel
 Continuar a Mostar (160 km) e visita panorâmica
 livre para almoço
 Continuar a Dubrovnik (142 km) e visita panorâmica
 Check-in no hotel
 Jantar no hotel
 Pernoite em Dubrovnik

MOSTAR – a cidade com a maior população de croatas na Bósnia-Herzegovina
Mostar é a maior cidade ea mais importante na região Herzegovina na República da Bósnia e Herzegovina. Ele está situado no rio Neretva e é a quinta maior cidade do país. Mostar foi chamado depois de “os guardiões ponte” (nativamente: mostari) que guardavam a maioria Stari (Ponte Velha) sobre o rio. A ponte foi destruída durante a guerra e depois reconstruída em 2004. Hoje, é um dos marcos históricos mais famosos da cidade. Juntamente com a cidade antiga se tornou um listado pela UNESCO Património Cultural. A Cidade Velha, com suas torres, lojas e restaurantes orientais, que são especializados na culinária aromática, levá-lo de volta por muitos séculos. Traços de “velhos” tempos são impressas no mercado, as mesquitas, museu Herzegovina e nas casas típicas turcas, alguns dos quais foram mantidos em estilo original. Os sobressai cidade nos domínios da arte, culinária, música, teatro, museus e literatura. É também amplamente comemorado no folclore popular, caracterizado freqüentemente como cenário para livros, filmes e programas de televisão.

DUBROVNIK
– a pérola do Adriático Balkan 08
A cidade de Dubrovnik está situado no Sul muito da República da Croácia. A particularidade e singularidade de Dubrovnik é na sua ligação permanente ao vivo para seu rico passado e do seu património cultural, enquanto mantém em ritmo vibrante com a vida contemporânea, ecoando a sua identidade espiritual e sua presença no ambiente cultural europeu. Dubrovnik, listado como Patrimônio Mundial da UNESCO, é rica em monumentos históricos e culturais. A característica mais reconhecível que define a História de Dubrovnik e dá-lhe a sua característica são as suas muralhas intactas que funcionam ininterruptamente para 1940 metros que rodeia a cidade. Esta estrutura complexa, um dos sistemas mais belas forte e mais forte na Europa é a principal atração para os visitantes da cidade. Este é um passeio que vai mostrar os melhores locais da antiga cidade murada e vai revelar por que Dubrovnik é muitas vezes referida como a “Pérola do Adriático”. Vamos levá-lo através das ruas da Cidade Velha introduzindo-lhe a história e cultura desta cidade magnífica. Outros esplêndidos edifícios, tais como Fonte Onofrio, a Igreja de St. Blaise, Sponza Palace será visto ao longo do caminho. Você será capaz de visitar o Mosteiro Franciscano com farmácia mais antiga da Europa, a Catedral com o seu famoso Tesouro e Palácio do Reitor, que foi usado para ser a sede do governo da República de Dubrovnik.

DIA 5:
 Café da manhã no hotel
 Drive para Konavle Vale
 Retornar para Dubrovnik
 Tarde livre ou Opção: Excursão para Elaphiti Ilhas
 Jantar no hotel
 Pernoite em Dubrovnik

Elaphiti ILHAS – um dos pontos altos de sua visita a Dubrovnik
A Ilha Elaphiti é um pequeno arquipélago formado por várias ilhas que se estendem a noroeste de Dubrovnik. Abençoado com exuberantes florestas e branco, afloramentos rochosos que aumentam os azuis profundos e verdes do mar Adriático, você não vai querer sair! Este é um dos mais interessantes, full-dia viagens que podem ser feitas durante a sua estadia ou em torno de Dubrovnik. Balkan 09

Konavle VALLEY – entrar em contato com a tradição
Konavle vale é uma área ao sul de Dubrovnik, onde as pessoas preservado seu aspecto tradicional, com casas de pedra, terra cultivada e do modo de vida tradicional. Cilipi é um centro cultural de Konavle, conhecida por suas performances folclóricas domingo foram os turistas podem ver as danças tradicionais, os figurinos lindos nacionais e os bordados típicos Konavle.

DIA 6:
 Café da manhã no hotel
 Drive para Kotor (80 km) via Perast com uma parada para almoço (não incluído)
 Continue a Budva e check-in no hotel
 Passeio Budva (25 km) e Sveti Stefan
 livre para almoço
 Jantar no hotel
 Pernoite em Budva

KOTOR – monumento medieval rica
Rodeado por montanhas que variam de 1000m a 1700m de altitude, situado na ponta oriental da Baía de Kotor, está a pitoresca cidade de Kotor. Sua cidade-core é o melhor preservado das cidades ao longo da costa montenegrina e é rica em monumentos medievais. O centro da cidade murada medieval com suas sinuosas, estreitas ruas pequenas, praças e igrejas pequenas, aparece na lista de Património Mundial da UNESCO. Dos seus monumentos religiosos, a mais notável é a Catedral de São Trifão, que data do século 12.

BUDVA
– a metrópole do turismo Montenegrino
Budva é o centro turístico de Montenegro principal. O segredo da popularidade da cidade baseia-se principalmente em sua bela vida noturna principalmente arenoso litoral, diversificada e exemplos de arquitectura mediterrânica. Além das esplêndidas praias do “Budva Riviera”, a cidade também possui uma pequena, mas bela centro histórico,. Cercado por um muro, o centro histórico está localizado em uma pequena península que se estende como um passeio ao lado do porto.

Sveti Stefan – uma cidade-hotel Balkan 10
Ao pé da Serra Lovcen, em um dos encontros mais exóticos da terra e do mar, está a única ilha de Sveti Stefan. É a antiga vila de pescadores situada em uma península que se tornou um hoteltown 50 anos atrás. Como diz a lenda, um forte foi construído na ilha em 1442, quando foi fundada. Um muro foi construído em torno da fortificação, a fim de fornecer proteção para as famílias de lugares circundantes antes da invasão turca e pirata.

DIA 7:
 Café da manhã no hotel
 excursão de meio dia em Costa de Montenegro
 Livre para almoço
 Retornar para Budva e tarde livre
 Jantar e pernoite em Budva

DIA 8: Balkan 12
 Café da manhã no hotel e check-out
 Continue a Cetinje e passeios (27 km)
 Continue a Podgorica e passeios (38 km)
 livre para almoço
 Drive para Shkodra (62 km) e passeios
 Continuar a Tirana (115 km)
 Check-in no hotel
 Jantar no hotel
 Pernoite em Tirana

Cetinje – capital secundária de Montenegro
Cetinje também é uma capital histórica de Montenegro com a residência oficial do Presidente. A cidade se aninha em uma planície cárstica pequena, rodeada por montanhas de pedra calcária, incluindo Monte. Lovcen, o Black Mountain a partir do qual Montenegro recebe o seu nome. Cetinje é uma cidade de património histórico imenso, fundada no século 15. Tornou-se o centro da vida montenegrina e tanto um berço de Montenegro e da Sérvia centro religioso ortodoxo.

PODGORICA – uma cidade em festa
Podgorica está localizado no Montenegro central e é sua capital e maior cidade. Posição favorável de Podgorica, na confluência de dois rios (Ribnica e Moraca) eo ponto de encontro do fértil planície Zeta e Vale Bjelopavlici tem incentivado liquidação. A cidade fica perto de centros de esqui de inverno nos resorts à beira-mar norte e no Mar Adriático. Podgorica é o centro administrativo do Montenegro e seu foco econômico, cultural e educacional e tem muitos exemplos de arquitetura turca. É o lar de três principais grupos religiosos: cristãos ortodoxos, muçulmanos sunitas e cristãos católicos.

Shkodra – um centro de educação, cultura e comércio Balkan 13
Shkodra é um dos lugares mais antigas e históricas na Albânia, bem como um importante centro cultural e econômico. Durante muitas épocas diferentes, manteve seu status como uma grande cidade nos Balcãs ocidentais, devido ao seu posicionamento geoestratégico próximo ao Adriático e os portos italianos, mas também com a terra – as rotas para outras cidades importantes e vilas de regiões vizinhas. Sua importância é intensificado pelo Lago de Shkoder a oeste da cidade – o maior nos Balcãs ocidentais – que atravessa a vizinha Albânia e Montenegro. Shkodra é também o centro do catolicismo albanês, bem como um bom exemplo de tolerância entre religiões, com a cidade que inclui todas as principais crenças encontrado Shkodra CITY TOUR
O turismo de Shkoder, vamos começar com uma visita de “Rozafa” Fortaleza – Uma das fortalezas mais fascinantes que está situado no topo da colina, com vista sobre a cidade. “Rozafa” fortaleza foi construída pelos venezianos no século 15 º e reforçada pelos turcos quando eles apreenderam Shkodra um século depois. Ao entrar no portão da frente você será surpreendido pelas altas paredes “leitoso”, moldada em arcos, no topo da fortaleza, você terá uma visão clara dos três rios, a Buna, Kiri e Drini, que desaguam no mar Adriático . A partir daqui vamos continuar a mesquita de chumbo, que foi construído em 1774 e tem a grande cúpula e 19 menores. Visitaremos a Igreja Católica, que foi construído no século 19 ª final, que era na época o maior da região dos Balcãs. Shkodra era anteriormente o centro da Igreja Católica na Albânia. Passando sobre a ponte de Mesi, vamos continuar até o lago Shkoder, o maior lago na Albânia, que é dividido por Montenegro e Albânia.

TIRANA – a capital ea maior cidade da Albânia
Tirana é a capital ea maior cidade da Albânia. É também o centro administrativo, cultural, econômica e industrial do país. O desenvolvimento fundador e mais tarde da cidade de Tirana foram possíveis graças a sua posição geográfica em uma planície fértil, rica em terras da floresta e água. O ano de 1614 é considerado a data em que foi fundada Tirana, quando Sulejman Pasha Bargjini construída uma mesquita, um hamam (banho turco), uma padaria, e várias lojas. Tirana começou a se desenvolver no início do século XVI, quando um bazar foi estabelecida, e seus artesãos feitas de seda, algodão, couro e tecidos, cerâmica, ferro, prata e artefatos de ouro. Em 08 de fevereiro de 1920, o governo provisório, formado no Congresso de Lushje mudou-se para Tirana, e neste momento Tirana tornou-se a capital do país. Esta desempenha um papel importante para o desenvolvimento da cidade. Balkan 24

DIA 9:
 Café da manhã no hotel
 Tirana city tour
 livre para almoço
 Continuar para Vlore
 Check-in no hotel
 Vlore city tour
 Jantar no hotel
 Pernoite em Vlore

Vlore
Panorâmica da cidade. é uma cidade costeira situada no sudoeste do país. Vlora é uma das principais cidades da Albânia, um porto importante e ponto turístico. Visita ao Museu Histórico da Independência, o prédio onde a independência da Albânia proclamou em 28 de novembro de 1912. Um monumento, que perpetua este evento, levanta alto na Praça da Bandeira.

Apollonia
está localizado a 12 km de Fier. É um dos mais conhecidos sítios arqueológicos do país. Visite o anfiteatro, e no pátio do Mosteiro, onde há uma igreja em estilo bizantino construído no século 14. Aqui você pode ver alguns monumentos, como o Muro de cercar, o Monumento de Agonotheteve, Odeon, Portic, a Casa Mosaicos, Fontana, e da igreja de Saint Mary.

DIA 10:
 Café da manhã no hotel
 Continue a Apollonia e visitar
 livre para almoço
 Continue a Ohrid
 Check-in no hotel
 Jantar no hotel
 Pernoite em Ohrid

OHRID – a jóia da coroa da Macedónia
A cidade de Ohrid o imortal é o ponto do lago sublime que para muitos representa o culminar da experiência Macedônia, um reino de luz e de água, um repositório de antigas ruínas de reinos anteriores da Macedônia. Principais atracções de Ohrid estão todos localizados dentro de uma área extremamente concentrado e eminentemente de percorrer, entre e sobre as ruas estreitas da Cidade Velha repleta de restaurantes e cafés perfeitos para relaxar à noite de verão fresco. Muitos bares Ohrid café e discotecas também para fazer uma vida noturna vibrante. Como para o próprio lago, que é tão grande e tão profunda que se pode confundi-lo com um mar pequeno. Gama completa de esportes náuticos, pesca e passeios de barco está disponível, e numerosas igrejas ao lado margens do lago de Ohrid para fazer viagens de lado fascinantes e caminhadas. O cume arborizado acima costa oriental do lago é amplamente tomada pelo Parque Nacional da Galichica, um deserto intocada ideais para os amantes da natureza. A singularidade do Lago Ohrid e arquitetura histórica da cidade tem sido atestado pela UNESCO, honrando-a com uma designação oficial como um dos poucos lugares na “Herança Mundial” da instituição cultural da lista. Balkan 21

DIA 11:
 Café da manhã no hotel
 descoberta de dia inteiro de Ohrid e mosteiro de São Naum
 livre para almoço
 Retorno ao hotel em Ohrid
 Jantar e pernoite em Ohrid

ST. MOSTEIRO Naum – os ícones de estilo barroco e afrescos titular
O Mosteiro de São Naum é um mosteiro ortodoxo oriental, em homenagem a São Naum medieval que fundou. São Naum, também conhecido como Naum de Ohrid, era um estudioso medieval búlgara e missionário entre os eslavos. Ele é venerado como um santo na Igreja Ortodoxa e foi sepultado na Igreja do Mosteiro. O mosteiro está localizado a apenas um quilômetro da fronteira albanesa e senta-se na margem sul do Lago de Ohrid.

DIA 12:
 Café da manhã no hotel
 Saída para Skopje
 Check-in no hotel
 Passeio de Skopje
 Jantar e pernoite em Skopje

Skopje
É a capital da República da Macedônia, que está na região Povardarie, e é a cidade maior e mais diversificada do país. Skopje foi ocupada por diversos povos desde a sua fundação. Isso é evidenciado pelas várias igrejas e mosteiros bizantinos ao redor da cidade, também por alguns sites romanos, como Scupi e Aqueduto de Skopje. No entanto, o grupo que deixou a maior marca em Skopje foram os otomanos. Os otomanos governaram a Macedonia por centenas de anos e construiram um grande número de mesquitas e grandes monumentos. Atualmente, Skopje está se tornando uma cidade moderna. Lar de cerca de quarto de toda a população do país, é também o lar de muitos tipos diferentes de pessoas. Além da maioria macedônios, muitos albaneses, turcos, ciganos, bósnios, sérvios e

DIA 13: Balkan 20
 Café da manhã no hotel
 Check-out e partida para Aeroporto
 Fim do programa, retorno à casa.

Informações / Preço
13 dias / 12 noites
4389 € / por pessoa em apartamento DUPLO (suplemento quarto individual a partir de 499 € (min. 10 pessoas)

 Serviços
 SERVIÇOS INCLUÍDOS:

TRANSFERÊNCIAS:

Ar condicionado veículo confortável através todo o passeio
ALOJAMENTO (no quarto ou DBL SGL, café da manhã e jantar incluídos)
1 noite em 3 * / 4 * hotel em Zagreb, 1 noite em 3 * / 4 * hotel Em Sibenik, 1 noite em 3 * / 4 * hotel em Split, 2 noites em hotel de 3 * em Dubrovnik, 2 noites em 3 * / 4 * hotel em Budva, uma noite em hotel de 4 * inTirana, 1 noite em hotel de 4 * em Vlore, 2 noites em hotel de 4 * em Ohrid, 1 noite em hotel de 4 * em Skopje

GUIAS:
Guias através todo o passeio, os guias locais para visitas em Zagreb, Sibenik, Zadar, Split, Mostar, Dubrovnik, Kotor, Budva, Cetinje, Podgorica, Tirana, Vlore, Skopje e Ohrid (incluindo São Naum)

Taxas de entrada:
Lago Plitvice, Zadar San Donato, caves de Diocleciano e do palácio em Split, Catedral, Paredes, s Reitor `palácio e Mosteiro Franciscano em ubrovnik, Cetinje museu, Kotor, São Naum, Nacional Histrotica museu de Tirana, Skojpe museu.

OUTROS:
Organização da turnê e do IVA
 serviços excluídos:
 Serviços não mencionados no programa
 refeições, a menos que especificado
 Porteiro
 Dicas
 serviços opcionais:
 Elaphiti vela turnê
 informações do grupo:
Mínimo para realização grupo 10 pax

Em caso de menor número de passageiros, este programa pode ser realizado, mas com uma mudança de preço

A confirmação da acomodação e todas as excursões serão dentro 48h da reserva momento

LESTE EUROPEU TOP

LESTE EUROPEU – JULHO

Visitando Republica Theca, Croacia, Eslovaquia, Hungria e Austria

Hoje em dia, o Leste Europeu tem atraído milhares e milhões de turistas anualmente, com seus encantos, historia e beleza, que encantam turistas  do mundo inteiro e cada vez mais brasileiros…Aqui temos um roteiro exclusivo para voce desfrutar de lugares inesquecíveis e um belo cruzeiro pelo Rio Danúbio…confira abaixo:

01/07 – segunda-feira – Embarque Salvador – Lisboa – Praga

Embarque do grupo para Praga, voando com TAP.


02/07 – terça-feira – Chegada em Praga

Desembarque e assistência.  Traslado e Acomodação no Hotel escolhido.

 

03/07 – quarta-feira – Praga croacia 09

Após o café da manha, tour livre pela cidade mágica de Praga.

Já a noite de ônibus e barco, jantar confortável ao cruzar ao longo do rio Vltava.

É a maneira perfeita para ver Praga à noite, e uma relaxante maneira de terminar um dia agitado de passeios turísticos!
Sua noite começa com um passeio de ônibus a partir da Torre da Pólvora para o Rio Vltava, onde um barco de ar-condicionado espera por você. Depois de um aperitivo de boas vindas, escolher entre um jantar buffet com uma grande variedade de pratos quentes e frios.

Acompanhado por música agradável, o seu cruzeiro de três horas ao longo do rio Vltava oferece vistas fantásticas sobre o rio. Você irá de cruzeiro passando edifícios importantes de Praga e monumentos históricos, incluindo Mosteiro de St. Agnes, o Rudolfinum, Charles Bridge, majestoso Castelo de Praga, o Teatro Nacional, Vysehrad e muito mais.

Após o seu cruzeiro com jantar no rio Vltava, desfrute de um passeio curto de ‘Golden Prague “e suas iluminações noturnas.

balcas II 09

04/07 – Quinta-feira – Praga – LINZ

Passeio pela cidade + visitas panorâmicas a Cesky Krunlov + Traslado bus Linz/Praga .

Embarque para LINZ (Austria)

05/07 – sexta-feira – LINZ

Embarque do porto de Linz, no centro da cidade, no navio “MS Swiss Diamond”.

Jantar a bordo.


06/07 – Sabado – LINZ 

Pensão Completa a bordo.  Linz

Linz é a capital da Alta Áustria e uma cidade barroca bonita, situada entre o vale do Danúbio e da rota sal antiga, desde o século XIX é o porto mais importante do meio Danúbio. Dia livre para explorar a cidade. Recomendamos realizar dia inteiro excursão opcional a Salzburgo (Almoço incluído). Noite a bordo. Coquetel de Boas Vindas e apresentação da tripulação. Navegação a noite até Melk.

 

07/07 – Domingo – MELK / Durnstein / VIENA

Pensão Completa a bordo. balcas II 08

Chegue cedo para Melk, pitoresca cidade no pé da uma abadia beneditina 900 anos de história, localizado em uma das mais belas regiões do vale do Danúbio, Wachau.
No programado partida tempo para Dürnstein. Chegada e visita esta vila localizada no coração do Vale do Wachau, um dos regiões mais famosas da Áustria. Foi aqui, em particular Kueringer Castelo, onde Richard “Lionheart” foi prisioneiro em seu retorno das Cruzadas. Navegação para Viena. Noite a bordo.


08/07 – Segunda-feira – VIENA

Pensão Completa a bordo.

Visita panorâmica da capital da Áustria, durante o que gozam de edifícios e monumentos como a Ópera, Prefeitura, o Parlamento, o Bairro dos Museus, o Palácio de Hofburg, e antigo centro histórico, onde visitaremos andar Catedral de Santo Estêvão. Tarde livre para atividades opcionais. Noite a bordo.


09/07 – Terça-feira –
Viena / Bratislava (Eslováquia)

Pensão Completa a bordo. Dubrovnik01 budapeste 08 budapeste 05 budapeste 02

No tempo da manhã livre na cidade, no coração da Europa Central, evocando através de suas danças suntuosos e luz valsas magnificência do Império Habsburgo. Quando Partida para Bratislava. Chegando à tarde e visita esta antiga cidade imperial de coroações, jovens de hoje capital ativo da Eslováquia recentemente. Passeio com guia através do centro da cidade, em que podemos ver a Palácio do Arcebispo, o Teatro Nacional, a Catedral de St. Martin, Michalska Gate e da Câmara Municipal. Continuação em Esztergom. Noite a bordo.


10/07 – Quarta-feira –
ESZTERGOM / Budapeste (Hungria)

Pensão Completa a bordo. balcas II 07
Escala em Esztergom e desembarque de pessoas eles escolheram para fazer o passeio opcional de “Bend Danúbio “, que será de ônibus para visitar a Basílica Esztergom, capital religiosa da Hungria. Continue a Vysegrad, no coração da “Curva do Danúbio” famoso admirar a vista do castelo mais de 200 m de altura. Vamos continuar a Szentendre, uma cidade apenas 20 quilômetros de Budapeste, onde muitos artistas têm instalado, de modo que é conhecido como a “Montmartre” húngara. Szentendre era dotado de uma igreja ortodoxa em 1690, quando a maioria dos sérvios que vivem aqui. Continuação a Budapeste. Verifique o barco. À tarde, visita panorama de Budapeste: os Grands Boulevards, o Parlamento, Opera, a Praça dos Heróis da Peste e Bastião Pescadores na margem oposta, o Buda. Depois jantar show, folclórico a bordo do navio seguido um cruzeiro de noite para admirar a majestosa monumentos iluminados. Noite a bordo.


11/07 – Quinta-feira –
BUDAPEST

Pensão Completa a bordo. budapeste 10

Mais do que qualquer outra capital, Budapeste é ligado ao Danúbio um dos maiores rios navegáveis ​​da Europa, que cruzes de leste a oeste. Espiritual e calmo, é um ex-Jóia do Império Austro-Húngaro. Dia livre para conhecer o ar da cidade. Possibilidade de uma excursão opcional. Jantar de Gala, um espetáculo organizado pela equipe barco e noite de dança. Noite a bordo.


12/07 – Sexta-feira
– BUDAPEST
Café da manhã a bordo.

Desembarque


13/07 – Sabado
– BUDAPEST/Zagreb(Croacia)

Embarque de Trem para Zagreb(Croacia). budapeste 01

Chegada, assistência e traslado ao hotel Nova Galerija.


14/07 – Domingo
– Zagreb

Após o café da Manha. City tour com guia, pelos principais pontos da cidade.

 

15/07 – segunda-feira – Zagreb/Plitivice croacia 00
Após café da manha, traslado de ônibus ao Park National de Plitivice

Partiremos para Plitvice, Parque Nacional dos Lagos, que está na lista da UNESCO como Património Mundial Natural, um dos locais mais preservados do mundo, com suas 92 cachoeiras e seus 16 lagos, imperdível  No caminho paramos em Rastok, um lugar pitoresco, com moinhos de água, cachoeira da fada do cabelo e casas em vila velha com sua natureza intocada. Em Plitvice 16 lagos magníficos bordados com centenas de cachoeiras estão situados na Região Lika montanhosa. Nós iremos dar um passeio ao longo de caminhos, pontes de madeira ao longo dos lagos até o Kozjak, o maior lago. Imperdivel!.

Retorno ao hotel.

 

16/07 – terça-feira – Zagreb/Dubrovnik
Após o café da manha, traslado para o Aeroporto, para embarcar em direção a DUBROVNIK

Chegada com receptivo de nossa equipe e traslado ao hotel STJEPANA RACICA.


17/07 – quarta-feira
– DUBROVNIKtirana

Após o café da manha, faremos um city tour pela cidade.

Montenegro, com as suas vastas paisagens inspiradoras, é um dos segredos mais bem guardados da Europa, mas a palavra está gradualmente a sair, para ver que é relativamente livre de multidão enquanto você pode! Apenas a uma hora de Dubrovnik, Montenegro oferece uma experiência inesquecível, com uma combinação de beleza natural excepcional e uma rica história e cultura. Desfrute da geografia única, onde as montanhas encontram o mar.

Nesta viagem de um dia de Dubrovnik para Montenegro, atravessam fronteiras internacionais e passar o dia em um dos menos visitados da Europa gemas. Desfrute de um passeio panorâmico em torno de Baía de Kotor com suas numerosas pequenas povoações, incluindo Risan, uma vez que a sede da rainha Ilíria Teuta, e Perast pitoresco. Faça uma pausa na cidade medieval de Kotor, rodeado por muros e fortalezas e listado como Patrimônio Mundial da UNESCO. Não perca sua atração popular, a Catedral de São Trifão.

Em seguida, continuar seu passeio ao longo das encostas íngremes para Cetinje (somente de abril a outubro), parando brevemente ao longo do caminho, na aldeia de Njegui. Você vai conduzir através de Cetinje, uma vez que a sede dos governantes do Montenegro.

Continue em direcção Budva com uma vista panorâmica sobre Sveti Stefan, um hotel ilha exclusiva. Em Budva, uma cidade encantadora antiga que hoje é uma estância turística animada, você terá mais tempo livre para explorar. Retornar para Dubrovnik, com um passeio de barco pela baía.


18/07 – quinta-feira
– DUBROVNIK/SALVADOR

Após o café da manha, embarque para o Brasil.

Fim de nossos serviços.